arrow_drop_down
search
Para o treinador, ainda é possível reverter o placar (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Notícias Vasco

Marcelo Cabo vê derrota do Vasco para o Madureira como reversível e fala sobre a partida, na qual teve um jogador a menos depois da expulsão de Laranjeira

Cruz-Maltino perdeu para o Madureira pela partida de ida das semifinais da Taça Rio. A volta acontece daqui a sete dias.

Bolavip

Para o treinador, ainda é possível reverter o placar (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Para o treinador, ainda é possível reverter o placar (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Na tarde deste sábado (1), o Vasco enfrentou o Madureira pela partida de ida da Taça Rio do Campeonato Carioca. Tendo feito uma partida ruim, o Cruz-Maltino foi derrotado por 1 a 0, com gol de Sampaio aos 13 minutos do segundo tempo. Depois da partida, o técnico Marcelo Cabo concedeu entrevista coletiva.

Apesar de lamentar a derrota, o treinador ainda vê possibilidades de classificação: “Não acho nada desastroso, placar de 1 a 0, jogando quase 60 minutos com um jogador a menos, e os critérios estranhos da arbitragem. Dois pesos e duas medidas. A gente sai com total condição de reverter no próximo sábado”.

Ele ainda falou sobre o sistema tático com um a menos: “Taticamente, foi uma situação muito positiva, a gente vai ver essa circunstância ao longo da temporada. Mobilizei o sistema 4-3-2, tirando o Thiago (Reis) e fazendo (Léo) Jabá e Figueiredo jogar mais por dentro, para ter um pouco mais de diálogo”.

Uma das expectativas da torcida vascaína era pela reestreia de Rômulo, que deu lugar a Caio Lopes no intervalo. Segundo Cabo, a substituição no intervalo era planejada: “Como conheço bem aqui e sabia que ficaria um jogo de bola aérea e segunda bola, e o Rômulo tem em uma de suas qualidades o jogo aéreo, optei por utilizá-lo no primeiro tempo. No intervalo, ele iria sair”.

Segundo o treinador, a derrota não altera em nada o planejamento da equipe, respondendo se ela tira a confiança: “Pelo contrário. Uma hora a gente ia perder. Ninguém é invicto eternamente. Hoje, o que me trouxe foi muita confiança nesses jogadores. Tiveram competitividade o jogo todo e quase empatamos no final”.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.