arrow_drop_down
search
Alan Kardec abre o jogo sobre voltar ao Vasco

Futebol: Mais notícias

Futebol Vasco

Sempre especulado, Alan Kardec abre o jogo sobre possibilidade de voltar ao Vasco; jogador é 'cria' da Colina

No futebol chinês com contrato até 2022, o atacante foi revelado no Cruz-Maltino em 2007; desde então, deixou saudade no torcedor

Bolavip

Alan Kardec abre o jogo sobre voltar ao Vasco

Alan Kardec abre o jogo sobre voltar ao Vasco

Há pelo menos duas semanas, o Vasco vem realizando testes em todos os jogadores do elenco, com o intuito de retomar os treinos. Após os resultados ficarem prontos, o clube divulgou que 16 atletas do time profissional testaram positivo para a Covid-19. Na última segunda-feira (01), os atletas foram ao CT do Almirante para a realização de alguns exames médicos, além de testes físicos.

Em paralelo às questões sanitárias, o Vasco segue como um dos clubes mais falados no mercado da bola. Depois do caso de Yaya Touré, outros jogadores são ligados ao Cruz-Maltino, como o lateral-esquerdo ex-Flamengo, Miguel Trauco. A contratação do peruano, no entanto, foi rechaçada pelo diretor de futebol do Cruz-Maltino, André Mazzuco.

Outro atleta que é constantemente cogitado na Colina é o atacante Alan Kardec. O jogador possui grande identificação com o time carioca até por ter iniciado sua carreira profissional com a Cruz de Malta no peito, em meados de 2007. Atualmente defendendo o Chongqing Lifan, da China, o goleador falou sobre o carinho da torcida e o desejo de retornar a São Januário.

"É o reconhecimento de um trabalho também. Eu fui criado no Vasco, eu tenho uma identificação muito forte, então é normal que os torcedores viram e mexem estejam pedindo a volta. Espero poder voltar num bom momento, com boas condições também de poder dar alegrias para esses torcedores que tanto me trazem carinho", disse o veterano em entrevista ao canal 'Atenção, Vascaínos'.

Com a camisa do Vasco, Kardec disputou 88 partidas e balançou as redes em 23 oportunidades. Em 2009, foi emprestado Internacional e entrou em campo apenas duas vezes antes de se transferir para o Benfica, de Portugal. Após quatro temporadas no time português, voltou ao Brasil e atuou pelo Santos, Palmeiras e São Paulo.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.