O Internacional empatou em 1 a 1 com o Cuiabá, na noite deste sábado (21), em partida disputada na Arena Pantanal, pela sétima rodada da Série A do Brasileirão. O gol que garantiu o ponto fora de casa ao time gaúcho foi marcado pelo meia-atacante Carlos De Pena, em cobrança de pênalti. 

"O gol não vale muito se a equipe não consegue os três pontos. Para mim, é importante a equipe vencer", enfatizou o uruguaio, em entrevista ao SporTV, após o apito final. Jogando fora de casa, o Colorado viu o adversário sair na frente, com direito a Lei do Ex. É que o gol do Dourado na partida foi marcado pelo meia Valdivia, que foi revelado pelo Inter e surgiu no Beira-Rio como destaque no futebol brasileiro, chegando até à Seleção Olímpica. 

O placar foi aberto no segundo tempo, mas antes disso, na etapa inicial, o time mato-grossense reclamou muito da não marcação de pênalti, em um empurrão do lateral Bustos no próprio Valdivia. Mas logo no início da etapa final, aos três minutos, o camisa 10 não perdoou e foi às redes em cobrança de falta. 

Aos 32', após revisão no VAR, o árbitro marcou pênalti para o Internacional, em lance entre João Lucas em Mercado. O lateral do Cuiabá ainda foi expulso. De Pena cobrou e empatou. O Colorado ainda teve a chance de virar o jogo, nos acréscimos, mas Wesley foi atrapalhado pelo próprio companheiro Alemão, na hora da conclusão. A equipe de Mano Menezes agora volta a campo na próxima segunda-feira (30), para enfrentar o Atlético-GO, no Beira-Rio, pela oitava rodada do Brasileirão.