Apesar do bom desempenho no Campeonato Português, o Benfica vem de duas acachapantes derrotas para o Bayern de Munique na Champions League, tanto dentro, quanto fora de casa. No Estádio da Luz, os bávaros venceram por 4 a 0, sem fazer muito esforço. Já na Allianz Arena, a vitória foi por 5 a 2, com três gols de Lewandowski.

Os recentes resultados começaram a gerar uma crise interna no Benfica, envolvendo o técnico Jorge Jesus, alguns jogadores e o presidente Rui Costa, grande ídolo da história do clube. Isso foi relatado pelo jornal português Correio da Manhã. Nos últimos sete jogos, os Encarnados venceram apenas dois, uma delas contra o modesto Trofense, pela Taça de Portugal.

Pelo menos cinco jogadores já discutiram com JJ no decorrer de partidas. São eles Darwin Núñez, Rafa Silva, Gilberto, Meité e Lucas Veríssimo. Além disso, o Correio da Manhã relata que o experiente zagueiro Otamendi não tem gostado da postura e das cobranças diárias de Jorge Jesus sobre o elenco.

As críticas não cessaram, e vieram de nomes como Rui Costa, ídolo e atual presidente do Benfica: “É nestes momentos que se exige equilíbrio. Equilíbrio para se exigir sempre mais. Equilíbrio também para perceber que o que nos fez perder cinco pontos nos últimos três jogos do campeonato”, disparou o craque.

Lembrando que o contrato de Jesus com o Benfica vai até o final desta temporada. Ele já demonstrou vontade de renovar, embora não tenha havido nenhum movimento neste sentido. O jornalista Bruno Andrade, em sua coluna “Mercado da Bola”, do portal UOL, informou que não houve uma procura do Flamengo até o momento.