Em um comunicado divulgado nas redes sociais nesta sexta-feira (10), a Conmebol relatou os motivos pelos quais não é a favor de que se realize a Copa do Mundo a cada dois anos. Dentre os motivos, a entidade cita a impossibilidade de administrar o calendário de competições internacionais. 

''Uma Copa do Mundo a cada dois anos representaria uma sobrecarga praticamente impossível de administrar no calendário de competições internacionais. Nas condições atuais, já é complexo harmonizar datas, horários, logística, preparação adequada de equipamentos e outros compromissos. A situação seria extremamente difícil com a mudança proposta. Pode até colocar em risco a qualidade de outros torneios, tanto de clubes como nacionais''

"Uma Copa do Mundo a cada dois anos pode distorcer a competição de futebol mais importante do planeta, rebaixando sua qualidade e prejudicando seu caráter exclusivo e seus atuais padrões exigentes", completa a nota. 

E finaliza com: "'Embora em algum momento a Conmebol tenha apoiado o projeto em questão, análises técnicas mostraram que ele é altamente inviável. Por isso, nas atuais condições, ratifica o seu apoio ao modelo atual do Mundial, com os seus termos e mecanismos de classificação, considerando-o coerente com o espírito que animou aqueles que idealizaram e fundaram esta competição."