A diretoria do Flamengo está em busca reforços no mercado para já iniciar o planejamento para 2023, onde tem o foco principal a disputa do Mundial de Clubes. A equipe Rubro-Negra disputará sete competições na próxima temporada e, por conta disso, já traçou uma prioridade na chegada de reforços, que é a contratação de um lateral direito.

Isso porque, em fim de vínculo com a equipe carioca, Rodinei ainda não decidiu sobre seu futuro, mas deve deixar o Flamengo na próxima temporada. Diante disso, a diretoria do Atlético-MG ofereceu Guga à diretoria, mas a negociação não foi vista com bons olhos para cúpula Rubro-Negra, conforme informações do portal Coluna Fla.

O empresário do lateral entrou em contato com o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, questionando se teria interesse na contratação do jogador de 24 anos. Ao analisar a possibilidade, levando em consideração desempenho e recurso, o mandatário recusou a oferta. No Galo desde 2019, o lateral tem vínculo com até dezembro de 2023 e é avaliado em 5 milhões de euros, cerca de R$ 27 milhões na cotação atual, de acordo com o Transfermark.

O Flamengo tem para a posição os atletas Guillermo Varela, que está com a Seleção do Uruguai na Copa do Mundo do Qatar, e Matheuzinho. Diante disso, apesar de buscar alguém para a posição, a diretoria tem cautela e analisa bem os nomes possíveis no mercado.