Tudo parecia caminhar para Jorge Jesus retornar ao Flamengo. Contudo, isso não aconteceu e o Rubro-Negro optou por Paulo Sousa, mesmo com o Mister dizendo em reunião com a diretoria que gostaria de retornar. O que pegou mais para a volta do “JJ” não acontecer foi a situação com o Benfica, que batia o pé para garantir algum dinheiro em uma possível rescisão contratual.

Assim, Marcos Braz e Bruno Spindel optaram por Paulo Sousa. Após ‘vazar’ o acerto com o treinador da Polônia, saíram notícias informando que Jorge Jesus ficou muito chateado e magoado porque o Fla não esperou pelo menos até o próximo dia 30, data do jogo dos Encarnados contra o Porto. O que parecia improvável, virou algo concreto: os dirigentes e um dos maiores treinadores da história do Flamengo estão com a relação estremecida.

Nesta segunda-feira (27), o jornalista e colunista do site da ESPN, Paulo Cobos, disse que Jorge Jesus ficaria eufórico se recebesse propostas de times brasileiros com a mesma qualidade que o Mengão. Como Atlético-MG e Palmeiras estão satisfeitos com os seus treinadores, sobraria o Corinthians, já que Sylvinho segue pressionado e não é bem visto pela torcida.

 

Jesus ficaria eufórico como convites de clubes com elencos poderosos como o do Flamengo. No Atlético-MG e no Palmeiras, isso é difícil a curto prazo. Já no Corinthians...”, disse o comentarista em um trecho da sua coluna.

De fato, não seria problema para o Mister comandar outro time brasileiro, ainda mais se ficar desempregado em poucos dias. Quando fez sucesso no Benfica, na sua primeira passagem, ele foi parar no Sporting, maior rival dos Encarnados e isso causou um alvoroço em Portugal.