Vai chegando a janela de transferências do meio do ano e as notícias não param de chegar. Esse é um período em que o torcedor de futebol fica atualizando a cada minuto as páginas dos times para ver quem é o novo contratado. O Flamengo já trouxe Cebolinha, o Palmeiras reforça o ataque com Merentiel e José Manuel Lopez, e o Atlético-MG traz de volta o Jemerson.

O recente anúncio de José Manuel Lopez, pelo Verdão, impacta o mercado de futebol no País. O jogador é uma das contratações mais caras do Campeonato Brasileiro, valendo algo em torno de 9 milhões de euros. Com a futura atualização dos números que envolvem a transação, o atacante deve compor uma lista com as compras mais caras dos clubes no país. O argentino deve ultrapassar outro gringo que passou pelo Palmeiras.

 

Confira a lista com as contratações mais caras do futebol brasileiro:

10º - Tévez – Corinthians

Carlitos Tévez chegou ao clube paulista em 2005, vindo do Boca Júniors e com muita moral. O atacante tinha apenas 21 anos, mas com um currículo extenso. Pelos Xeneizes ele já tinha conquistado Libertadores, Sul-Americana e Campeonato Argentino. Pela Seleção, El Apache ainda ganhou as Olimpíadas de 2004, sendo o artilheiro. O Corinthians pagou cerca de 15 milhões de euros pelo jogador. Na cotação atual, o atleta valeria cerca de 80 milhões de reais. Pelo Timão, Tévez ganhou o Brasileiro de 2005.

9º - Gerson – Flamengo

Em 2019 ficou difícil parar os coringas do Flamengo. O time campeão do Brasileiro e da Libertadores ganhou um conjunto de reforços na janela de meio de ano. Um dos nomes que chegou à Gávea na época foi o do volante Gerson. O meia não se firmou na Roma nem na Fiorentina, chegando no Rubro-Negro pelo custo inicial de 11,8 milhões de euros. Pelo Mengo, o jogador atuou por 102 jogos, marcando seis gols e 11 assistências. Em julho de 2021 Gerson foi vendido ao Olympique de Marseille, por 20 milhões de euros.

8º - Vitinho – Flamengo

Vitinho chegou a ser a contratação mais cara do Flamengo em 2018. O atleta começou no Botafogo, chamando a atenção pela velocidade e dribles curtos. Foi vendido para o CSKA da Rússia, mas por problemas de adaptação ao Leste Europeu, chegou a ser emprestado ao Inter de Porta Alegre um ano depois. Quando tinha 24 anos, o jogador foi vendido em definitivo ao Flamengo, por 12,2 milhões de euros. Nos quatro anos jogando pelo time da Gávea, Vitinho acumula 175 jogos, com 24 gols marcados e 30 assistências.

7º - Borja – Palmeiras

Miguel Borja era a contratação mais cara da história do Palmeiras. Vindo em 2017 com uma Libertadores no currículo, o Clube pagou 12,4 milhões de euros pelo centroavante. Mesmo pegando uma artilharia do torneio continental com o Verdão, Borja nunca cumpriu com as expectativas da diretoria. Nas 73 partidas disputadas pelo Alviverde, o atleta marcou 21 gols e deu cinco assistências. Borja deixou o Palmeiras em definitivo neste ano para ir ao Junior Barranquilla, que pagou 3 milhões de euros pelo profissional.

6º - Leandro Damião – Santos

Leandro Damião chegava ao Santos em 2013 como uma das grandes promessas do Brasil. O jogador vinha sendo convocado pela Seleção Brasileira e já tinha participado das Olimpíadas de 2012. Após ganhar pelo Inter a Libertadores, em 2010, a Recopa, em 2011, e os Gaúchão entre 2011 e 2013, o jogador foi para o Santos por 13 milhões de euros. O atleta só jogou 26 vezes pelo Alvinegro Praiano, marcando apenas seis gols pelo Santos. Ele deixou o time em definitivo em 2019, indo de graça ao Kawasaki Frontale do Japão.

5º - Everton Cebolinha – Flamengo

Everton Cebolinha chega ao Clube por 13,5 milhões de euros, cerca de 73 milhões de reais. O jogador chegou no Grêmio em 2014 e apareceu como a grande promessa brasileira entre 2017 e 2019. Pelo Tricolor foi campeão da Copa do Brasil em 2016, Libertadores em 2017 e Recopa em 2018. O destaque no time do sul levou o atacante a Seleção Brasileira, onde ganhou a Copa América de 2019, sendo o artilheiro da competição. Após passagem sem brilho no Benfica, o ponta chega com a esperança de se firmar no time do Mengão.

4º - Pedro – Flamengo

Pedro foi convocado para a Seleção com apenas 21 anos. Porém, na história o centroavante teve uma lesão de estiramento no joelho atuando pelo Fluminense, em 2018. O jogador foi vendido pelo Tricolor logo em 2019, para a Fiorentina. Sem se firmar na Itália, o atacante foi emprestado ao Flamengo em janeiro de 2020. O Rubro-negro compraria Pedro em definitivo em 2021, por 14 milhões de euros, cerca de 112 milhões de reais na época. Pela equipe da Gávea já são 119 jogos disputados, anotando 39 gols e 10 assistências.

3º - Alexandre Pato – Corinthians

Jogando pelo Corinthians, Pato entrou em campo 39 vezes, fez 12 gols e deu uma assistência. A quantia de 15 milhões de euros paga pelo Clube acabou saindo caro. Cerca de 40 milhões de reais em 2013, foram investidos para ter o jogador. Pato ficou marcado por uma cavadinha contra o Grêmio na Copa do Brasil, que acabou culminando na eliminação do Timão. O jogador acabou sendo emprestado para São Paulo e Chelsea, antes de deixar o Corinthians em definitivo por 3 milhões de euros, comprado pelo Villarreal.

2º - De Arrascaeta – Flamengo

Quando Giorgian De Arrascaeta chegou à Gávea, o Mengão ganhou três Campeonatos Cariocas, dois Campeonatos Brasileiros, duas Supercopas do Brasil, a Libertadores e a Recopa. Nas 140 vezes que o uruguaio vestiu o Manto, ele marcou 41 gols e deu 59 assistências. Se o Cruzeiro pagou pouco quando o tirou do Defensor, o lucro foi alto para os mineiros. Isso porque o Flamengo colocou na mesa 15 milhões de euros para tirá-lo da Toca da Raposa, cerca de 13 milhões a mais do que o Cabuloso pagou anteriormente.

1º - Gabriel Barbosa – Flamengo

O jogador chegou em janeiro de 2019, por empréstimo da Inter de Milão. Após o contrato, seria difícil dizer adeus à Nação Rubro-Negra. Naquele ano, Gabriel foi campeão do Carioca, da Libertadores e do Brasileiro, sendo artilheiro das duas últimas competições e eleito o melhor jogador do torneio continental. Por isso, o Flamengo pagou 16,5 milhões de euros para contratar o atacante em definitivo. Na época, o valor em reais chegava a 83,5 milhões. Hoje, Gabriel é o maior artilheiro do time na história da Libertadores. Ao todo, já são 155 jogos, 101 gols e 28 assistências pelo Flamengo.