Uma cena para lá de curiosa vem chamando a atenção desde o fim de setembro, ocorrida com a turca Rumeysa Gelgi, 25 anos, considerada a mulher mais alta do mundo pelo Guinness World Records. É que ela, enfim, realizou sua primeira viagem na vida! A situação exigiu uma operação especial, com uma aeronave estruturada para a ocasião. 

Turca considerada a ‘mulher mais alta do mundo’ viaja pela primeira vez deitada. Imagens: Reprodução/Instagram Rumeysa Gelgi.
Turca considerada a ‘mulher mais alta do mundo’ viaja pela primeira vez deitada. Imagens: Reprodução/Instagram Rumeysa Gelgi.

Rumeysa embarcou em Istambul, na Turquia, e viajou até São Francisco, nos Estados Unidos, no último dia 30 de setembro. Foi preciso fazer uma reestruturação especial no avião para que a passageira pudesse passar 13 horas na posição horizontal. A turca, que mede 2,15 metros de altura, é portadora da síndrome de Weaver, uma condição rara que acelera o crescimento do corpo humano.

A passageira nunca tinha antes viajado de avião. Nas suas redes sociais, a ‘gigante’ compartilhou os registros desse momento especial e também as imagens dentro da aeronave, deitada em uma maca. Por conta da síndrome, que pode causar complicações na coluna como escoliose, Rumeysa não poderia ficar sentada por tanto tempo.

Para acomodá-la, seis fileiras de assentos foram removidas para que a viajante pudesse ficar confortável no voo. Na postagem na sua conta do Instagram, a turca agradece pelos esforços da tripulação: "Este foi o meu primeiro voo, mas certamente não será o último. A partir de agora, ficarei muito honrada e feliz em voar para diferentes partes do mundo. Agradeço de coração", desabafou ela.