Uma descoberta feita recentemente no noroeste do Havaí intrigou alguns cientistas que estavam abordo de uma embarcação. Enquanto faziam uma expedição oceânica na região, eles descobriram um caminho submarino ao explorarem uma antiga cadeia de vulcões subaquáticos no Pacífico.

A estrada, que parece ser construída com algo semelhante a tijolos amarelos, recebeu o nome de “Estrada para Atlântida”. Segundo o site CNET, que repercutiu a notícia, embora seja uma descoberta curiosa, a estrada não é uma rua pavimentada. Ou seja, é apenas uma formação natural.

A equipe de cientistas identificou que a estrutura é conhecida como hialoclastita, constituída de rochas vulcânicas e que foram depositadas no fundo do mar. Eles justificaram ainda que a aparência dos ‘tijolos’ podem ser o resultado do aquecimento e resfriamento destas erupções.

A Ocean Exploration Trust, ONG responsável pela expedição, disse que a área nunca antes pesquisada está ajudando os cientistas a examinar mais profundamente esses montes submarinos. “Estes estudos ajudarão a fornecer informações básicas sobre as comunidades vivas dos montes submarinos que podem informar as medidas de manejo e conservação”, explicaram em nota.