Uma rodovia localizada na Bolívia recebeu o nome de “Estrada da Morte” devido a sua elevada taxa de mortalidade. Também conhecida como “Camino a los Yungas”, até 2007, a estreita estrada era a única ligação de La Paz até a região de Yungas.

O nome pode até parecer um exagero, mas foi dado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento durante a década de 1990, após registrarem um grande número de veículos que escorregavam das montanhas – o que foi preciso criar um alerta para quem passasse pelo local.

Estima-se que mais de 300 motoristas tenham perdido a vida a cada ano nessa estrada. Hoje, quem decide passar pela região, pode utilizar uma rodovia asfaltada e de boa qualidade. Porém, aos que se arriscam a encarar a estrada da morte, se depara com cruzes, fotos e buquês de flores em homenagem aos que perderam sua vida ali.

Apesar de assustadora, a estrada é bem bonita: de um lado há a parede da montanha e, do outro, um precipício de até 600m de altura. Depois da nova estrada ter sido construída, o local virou uma das atrações turísticas mais buscadas, com empresas especializadas guiando milhares de pessoas para curtir a paisagem.