Na última terça-feira (31), o Santos anunciou a renovação de contrato do jovem Lucas Pires. Destaque desde a Copinha, o lateral-esquerdo subiu ao time profissional e se tornou titular de Fabián Bustos. Agora, o vínculo do ala de 21 anos expira somente em dezembro de 2026. O torcedor do Corinthians deve se lembrar do garoto, que passou pelo "Terrão" (divisões de base do Clube).

Até o primeiro semestre de 2021, Lucas defendia o Corinthians na base e foi protagonista do time no Campeonato Brasileiro Sub-20. Com contrato no fim, o lateral e seu empresário não chegaram a um acordo com a direção do Timão e rumou para a Baixada Santista. O staff do garoto avaliou que Pires não teria chances de projeção no CT Joaquim Grava.

Dessa forma, foi realizada uma rescisão amigável com o Corinthians, que ficou com 25% de Lucas Pires mesmo indo para o rival. No novo contrato assinado juntamente com Edu Dracena, ex-Timão e hoje executivo no rival, a multa do lateral foi elevada a 30 milhões de euros (cerca de R$ 154,5 milhões na cotação atual).

Bolavip Brasil apurou que, todavia, o Corinthians ainda mantém a "fatia" pelo atleta, ou seja, o Clube ainda pode faturar uma bolada considerável em caso de venda do LE no futuro. Há clubes da Europa monitorando os passos de Lucas, mesmo que agora o Santos tenha firmado novo acordo. O clube praiano ainda mantém 70% do atleta, enquanto que 5% é do próprio jogador.