O ex-meia Danilo é um dos grandes ídolos da história recente do Corinthians. Saiu dos pés dele a jogada do gol de Guerrero, que deu o título do Mundial de Clubes ao Timão em 2012. Mais que isso, foi ele que marcou contra o Santos no jogo de volta da semifinal, no Pacaembu, sacramentando a classificação corinthiana para a final da Libertadores daquela mesma temporada.

Foto: Angelo Martins/Socios.com
Foto: Angelo Martins/Socios.com

A Sócios.com, maior plataforma de engajamento de fãs e recompensas via blockchain do mundo, reuniu corinthianos com o ídolo, em uma ação promovida no último final de semana. Danilo foi oito vezes campeão com a camisa do Timão e marcou a trajetória do Clube na última década. A plataforma lançou uma enquete para os torcedores que continham acima de 75 Fan Tokens oficiais do Clube, com o intuito de eleger o gol do ex-meia atacante que seria recriado.

A enquete foi aberta no último dia 3, em uma votação realizada no aplicativo da Socios.com entre os detentores do Fan Token oficial do Corinthians. Os torcedores puderam escolher entre três opções: o gol da estreia de Danilo pelo Timão, no 4 a 3 sobre o São Paulo, em 2010, o tento anotado frente ao Palmeiras, no Campeonato Brasileiro de 2014, e o gol marcado pelo contra o Santos, pelas semifinais da Libertadores 2012.

 

A Fiel elegeu para a experiência o gol que classificou o Timão para a sua primeira final de Libertadores. O empate em 1 a 1 no Pacaembu no dia 20 de junho de 2012, foi histórico para a torcida alvinegra. A equipe então comandada por Tite saiu atrás no placar ao sofrer um gol de Neymar. Até que aos 12 minutos do segundo tempo, o meia Danilo recebeu a bola após a cobrança de falta pela esquerda, dominou com o joelho direito e finalizou com a perna esquerda para o fundo das redes, garantindo o empate e a classificação para a final.

Para o ex-atleta, que atuou no Corinthians entre 2010 e 2018, e hoje é treinador do Sub-20 do Timão, a experiência de recriar o lance de 2012 ao lado dos seus fãs foi muito positiva:

“Muito bom estar com os torcedores que votaram para escolher o meu gol. A gente sabe que o lance não vai sair igual ao que aconteceu há 11 anos, mas o importante foi a participação desses torcedores, que possuem os Tokens oficiais do Corinthians na plataforma da Sócios.com. Torcedores que votaram e estiveram aqui comigo para recriar esse lance, pois muitas vezes esse torcedor nunca imaginaria ter esse contato com os jogadores que escreveram a história daquela conquista”, disse Danilo, sobre a ação da Socios.com.

 

Quando um dos torcedores que participou da ação lhe perguntou se eles acertaram em definir o gol para ser recriado, Danilo destacou que o lance tem muita história para o grupo campeão de 2012. 

“Vocês (torcedores) acertaram bem em escolher esse gol. Além de ser muito difícil, ainda por cima estávamos naquele momento perdendo e a gente conhecia o Santos, que era o atual campeão da Libertadores e tinha Neymar e Ganso, se eles fizessem o 2 a 0 poderíamos ter sido eliminados, então aquele gol, logo no ínicio do segundo tempo, deu uma confiança muito grande para que a gente pudesse segurar o jogo e garantir a classificação para a final da Libertadores.”

O craque lembrou que esse foi um dos gols mais importantes de sua carreira como profissional. “Na minha opinião, esse gol contra o Santos foi um dos mais importantes da minha história como atleta. Agradeço a oportunidade de mostrar para eles como foi esse lance e como foi essa batalha para ajudar o Corinthians a se classificar para sua primeira final de Libertadores da América”, afirmou o ex-jogador em entrevista à Socios.com após o encontro com os torcedores.

Danilo também falou aos torcedores premiados sobre os bastidores da comemoração do gol de empate contra o Santos. “Foi tudo muito rápido. Uma emoção incrível poder marcar aquele gol importante para o torcedor corinthiano. Na hora eu queria tirar a camisa, porém a camisa era muito justa e estava molhada, aí chegaram todos os jogadores para me cumprimentar, e acabei não conseguindo. Mas, foi uma alegria indescritível este momento”, finalizou o ídolo corinthiano.