O Santos atravessa uma crise financeira bastante complicada e não há previsão para uma mudança significativa nesse sentido. O presidente Andrea Rueda chegou colocando ordem na casa e disse que não faria nenhum tipo de investimento se não tivesse ao alcance do clube, o que vem acontecendo desde então na Vila Belmiro.

Para ter receitas a curto prazo, o único jeito possível é realizar vendas de jogadores. O atleta mais valorizado nesse momento no Peixão é Pirani, meio-campista de boa técnica e que faz diversas funções dentro do campo. Como o portal “Torcedores.com” revelou, o atleta já recebeu cobiças do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

A direção do Santos sabe que a tendência é o jogador ser visto como uma peça importante no mercado nos próximos meses. Assim, a ideia é conseguir embolsar um bom dinheiro para uma eventual venda. O meia tem vínculo com o Peixe até dezembro de 2025 e a multa rescisória gira em torno de 100 milhões de euros (R$ 616 milhões na cotação atual).

Rueda tem impressionado como presidente?

Rueda tem impressionado como presidente?

Sim
Não

2623 PESSOAS JÁ VOTARAM

O Shakhtar deve formalizar uma proposta para ter o jogador na próxima janela de inverno na Europa, em janeiro. O Peixão não bateu o martelo sobre o valor de uma possível transferência do jovem, mas não vai aceitar menos que 10 milhões de euros (R$ 62 milhões) por uma parte dos direitos econômicos de Pirani.

O jovem está feliz na Vila Belmiro e não expressa nenhum tipo de conduta forçando uma possível saída. Seus representantes também têm uma boa relação com Andres Rueda e o negócio será feito da melhor forma possível quando aparecer uma proposta do Velho Continente.