Futebol

Miranda rouba posto de Hernanes e dá o que falar no vestiário do São Paulo: "Se tiver que fazer 10 gols, faz"

Minutos antes de goleada sobre o 4 de Julho, camisa 22 quase acertou a o placar da empreitada do Tricolor em campo: "Se tiver que fazer 10 gols, faz", pregou o zagueiro em vídeo da SPFC TV

O São Paulo é um dos únicos representantes do Estados vivos na Copa do Brasil após a rodada de 3ª fase. Enquanto Palmeiras e Corinthians tropeçaram diante de CRB e Atlético-GO, respectivamente, o Tricolor de Hernán Crespo conseguiu reverter a desvantagem para o 4 de Julho - após a derrota por 3 a 2 no Piauí - e avançou às oitavas de final com uma sonora goleada de 9 a 1 no Morumbi. 

A chuva de gols diante do clube piuiense foi, de certa forma, uma resposta para a torcida após a irregularidade no período pós-título estadual. Assim que venceu o Palmeiras na final do Paulistão, o São Paulo amargou três partidas sem triunfos, contando Campeonato Brasileiro e exatamente o jogo de ida contra o 4 de Julho. 

Em vídeo exibido pelo clube no canal oficial do Youtube, o São Paulo mostrou o clima de seriedade nos vestiários antes da partida. Reinaldo e Crespo puxavam o coro pedindo intensidade aos colegas, já que precisavam da vitória por dois gols para reverter o placar no agregado. Coube a Miranda dar uma de "oráculo" ao exigir empenho aos companheiros. 

"Respeito em primeiro lugar à instituição. Respeito aos companheiros e ao adversário. E a melhor forma de respeitar o adversário é, se tiver a oportunidade de fazer um (gol), vai fazer um. Mas se tiver que fazer 10 (gols), vai fazer 10", declarou o camisa 22.

Acompanhe!

Continue navegando