A amizade entre Paulo André e Arthur Aguiar, que começou no BBB 22, parece realmente não ter se estendido para fora do reality da TV Globo. Após o fim do programa, o nome dos ex-brothers acabou envolvido em várias situações delicadas, como na última polêmica que ocorreu neste fim de semana.

Enquanto o atleta participava de um show do grupo “Cone Crew Diretoria”, um dos rappers fez uma rima debochando da vitória de Arthur Aguiar no programa. No trecho, o artista diz que PA "ganhou o 'BBB' e f*da-se o Arthur". Rapidamente o vídeo caiu nas redes sociais e os internautas criticaram PA por ele ter supostamente vibrado com a música.

Incomodado com a repercussão do caso, ele usou suas redes sociais para esclarecer o que aconteceu, afirmando que não pode controlar o que outros dizem. “Eu não tenho controle sobre a atitude e sobre o que outras pessoas fazem e falam, tenho controle apenas sobre mim! Eu nunca desmereci vitória de ninguém. Sou atleta e se tem uma coisa que eu aprendi de verdade, é não desmerecer ninguém seja lá o que for, muito menos a vitória de outra pessoa”, disse através do Stories. Em seguida, o ex-BBB pediu para que não joguem “hate” em sua família: “fiquem à vontade em me atacar e falarem o que quiserem sobre MIM, mas deixem minha família em paz!”.

Para finalizar o assunto, PA esclareceu o ocorrido e contou que conversou com o rapper sobre o trecho: “O vídeo que está rolando, parece que algumas pessoas estão me confundindo com o rapaz que está na frente comemorando ou talvez com o rapaz que esteja mais na esquerda, de casaco. Eu sou o cara que está no fundo. E no momento que o rapper faz a rima e olho pro meu lado e digo: ‘Vai dar ruim. A conta vai cair em cima de mim’ e é o que está acontecendo. Mas eu não tenho poder e muito menos controle do que as pessoas falam e fazem. Eu tenho controle do que eu falo e faço”, concluiu.