Kanye West se irritou durante uma entrevista ao vivo, na última segunda-feira (28), na qual o rapper americano abandou o local após ser questionado pelo apresentador sobre as declarações antissemitas dadas por ele recentemente, que se tornaram assunto na web no último mês.

Ye, como também é conhecido desde 2021, era um dos convidados do podcast Timcast IRL, ao lado de outros famosos por conta do posicionamento político de extrema-direita. Em cerca de 20 minutos de programa, o rapper se levantou, demonstrando estar bravo, tirou o fone de ouvido e deixou a transmissão assim que o anfitrião fez um questionamento sobre a alegação que o artista deu sobre judeus controlarem a mídia e as finanças globais.

Por conta de suas recentes falas, o ex-marido de Kim Kardashian perdeu várias parcerias comerciais com grandes marcas e grifes, como Adidas e GAP. Ele ainda teve sua estátua retirada do museu de ceda Madaussauds, em Londres. A revista “Forbes” chegou a anunciar que, por conta do fim dos contratos, o rapper americano deixou de ser bilionário.

O Financial Times relatou que a Adidas iniciará uma investigação sobre as alegações contra o rapper de ex-funcionários da Adidas e da Yeezy que o acusaram de comportamento abusivo, intimidação, manipulação e bullying.