Camilla de Lucas foi se posicionar sobre polêmica e o assunto acabou virando para si mesma. Nesta quinta-feira (23), a ex-BBB 21 deu sua opinião sobre a abordagem policial na prisão de Demétrius Macedo, procurador que agrediu um colega de trabalho. “Cadê as algemas?”, perguntou a modelo.

Com o questionamento, Camilla pode ter deixado despropositadamente a ideia de que o servidor não teria sido algemado por ser uma pessoa branca. Neste sentido, a influenciadora recebeu uma enxurrada de críticas e algumas pessoas chegaram a alegar que a criadora de conteúdo estaria “militando errado”.

"Quanta burrice! Não é privilégio, amiga, acontece que o uso legítimo de algemas não é arbitrário... Militou errado, próxima", escreveu uma internauta. Porém Camilla logo tratou de responder em seguida. "Ela realmente acha que só colocam algema quando a pessoa vai fugir. Tá dizendo que cor da pele não influencia kkkkkkkkkkkkkkk Amada! E a burra sou eu", afirmou.

"Minha mãe já foi conduzida pra delegacia em uma mala de viatura cheia de sangue, simplesmente por que tinha uma carro branco roubando no bairro que a gente mora e o nosso carro também é branco. E só o nosso carro foi parado, maseles juram que a cor de pele não influencia", escreveu Linconl Renaissance, outra internauta que saiu em defesa de Camilla.