Maitê Proença deu uma entrevista reveladora nesta semana para a revista "Veja", onde se abriu sobre sua intimidade -- incluindo o relacionamento com a cantora Adriana Calcanhotto, revelado em novembro do ano passado.

No bate-papo, a atriz -- acostumada a ser muito discreta em sua vida pessoal -- afirmou que sua vida sexual está "bem resolvida" no momento. "Agora é bem mais legal, sim. Antigamente, eu estava lá investigando, experimentando um pouco aqui e ali. Precisei fazer muitas experiências para chegar a um lugar mais livre e relaxado", disse.

"Depois de uma determinada fase da vida, você tem de ficar com pessoas com quem consiga conversar, para não ter de traduzir para o outro tudo o que percebe do mundo", afirmou a atriz em sua declaração para a revista.

Preconceito sobre a relação

Maitê também contou que sofreu com o preconceito logo depois da notícia de sua relação com Adriana ter sido publicada. "Acho que neste momento as pessoas estão mais comedidas com relação ao preconceito, elas têm medo das consequências. Ainda assim, recebi mensagens nas redes do tipo: 'Você me decepcionou' ou 'isso é pecado'. Ora, com homem não é pecado, mulher é?", argumentou.

A artista de 64 anos também contou o motivo pelo qual resolveu evitar a exposição de seu relacionamento. "Acho bonito ser discreta neste mundo em que a vulgaridade corre solta em todos os meios. Eu me reservo ao direito de manter essas coisas na intimidade, de não ficar dando satisfação à sociedade, mas, ao mesmo tempo, também não escondo o que estou fazendo", afirmou.