O episódio entre Stênio Garcia e Marilene Saade, sua mulher, segue dando o que falar. Como todos sabem, o ator foi retirado de uma entrevista pela esposa por não utilizar máscara contra a Covid-19. O próprio ator, após o caso ganhar repercussão, saiu em defesa de sua companheira e desmentiu qualquer tipo de agressão ou violência doméstica.

Fotos: Reprodução/RedeTV (esquerda) - Instagram/Marilene Saade (direita)
Fotos: Reprodução/RedeTV (esquerda) - Instagram/Marilene Saade (direita)

Além disso, Stênio também detonou Sonia Abrão, que vinha criticando Marilene: “Somos casados há 24 anos e faltou ele parar e refazer ou dizer que ela estava nervosa e que era melhor eu colocar a máscara. Jogar esse vídeo para Sonia Abrão, que vive da desgraça alheia, foi cruel. Podia ter revertido na hora ou nos procurado antes de lançar para se promover”, disse.

Desta vez, quem também “soltou o verbo” contra Sonia foi Marilene, que concedeu entrevista ao site ‘Notícias da TV’. Saade acusou a apresentadora e o jornalista Marcos Bulques de contribuírem para o aumento dos ataques: “Eu acho que essa Sônia Abrão é uma pessoa muito do mal. Quando fiquei em coma e o Stênio fez um vídeo, ela se aproveitou disso”.

“A gente achava que ela era boazinha, mas depois vimos várias vezes ela falando coisas e atacando pessoas, sem a pessoa estar ali se defendendo. O que ela tinha que ter feito era ter dito que recebeu um vídeo horroroso, e questionar o que aconteceu, passado o vídeo e dado depois o depoimento do Stênio e o meu, explicando que me desequilibrei e me descompensei”, completou.