Dono de muitos hits não só cantando, mas também compondo, a segunda voz da dupla Jorge e Mateus abriu o jogo sobre o “casamento” com Jorge em cima dos palcos. Pioneiros no sertanejo chamado de universitário e juntos há quase duas décadas, Mateus revelou que a dupla já teve momentos de muitas brigas e até pensaram em terminar.

Reprodução/Instagram Jorge e Mateus
Reprodução/Instagram Jorge e Mateus

“A gente está se descobrindo. A gente olha para trás e entende tudo o que aconteceu. É importante esse exercício de autoanálise que vem com a idade. Existe na gente a vontade de amadurecer, de estar mais tranquilo. Trocamos muita ideia na tentativa de ser melhor como pessoa e para a comunidade”, Disse Mateus ao Jornalista especializado em Sertanejo André Piunti em seu canal no Youtube.

Reprodução/Instagram Mateus

Reprodução/Instagram Mateus

Mateus também contou que depois que ambos assumiram a própria carreira, a administração junto ao seu escritório melhorou a vida dos dois, tanto no pessoal quanto no profissional. “Hoje estamos tocando nosso escritório, sempre pensando nas vontades e demandas um do outro. Grana não é tudo”.

"Tivemos muitos momentos difíceis, de fazer cinco shows por semana. Nessas horas, pensava se valia a pena continuar ou não”, disse Mateus. A dupla formada em 2005 se firmou como um som novo e com duas vozes diferentes do que vinha sendo feito na década de 90, com cantores que cantavam agudo. Trazendo dois modelos de vozes diferentes, a eles têm um capítulo importante na música como uma das maiores duplas do seguimento.