A possível separação de Simone e Simaria poderia causar disputa na Justiça, segundo informações divulgadas pelo site Notícias da TV. Conforme revelado pelo veículo de comunicação, a mulher de Kaká Diniz levaria a melhor em relação aos direitos da marca da dupla. 

 

A irmã mais velha já disse que é a responsável por cuidar da burocracia e contabilidade, porém o fato de a caçula assumir sozinha os palcos a favoreceria em um eventual caso judicial. As coleguinhas poderiam romper a sociedade e fazer a divisão de acordo com o que possuem no capital social. Em contrapartida, haveria outra opção. 

O Notícias da TV afirmou que as duas teriam como argumentar ter mais direito que a outra, com base no que fizeram pela marca. O portal ainda conversou com o advogado Fernando Brandariz, que explicou como seria a situação e realizou uma simulação sobre possíveis alegações. 

"A Simone poderá alegar que a sócia não está cumprindo com o seu dever, no caso em cantar, compor as músicas, ajudar na administração da empresa. Já a Simaria poderá alegar que a Simone está usando toda a estrutura da empresa, inclusive a imagem e o nome dela, para divulgação dos shows sem o recebimento do valor correspondente", declarou Brandariz.