Nesta sexta-feira (29), durante entrevista ao podcast 'Brunet Cast', no Spotify, comandado por Tiago Brunet, Arthur Aguiar, entre outros assuntos, comentou sobre sua passagem pelo Big Brother BrasilCampeão do BBB 22, o artista definiu o convite para o participar da 'casa mais vigiada do Brasil' como uma resposta de Deus para suas orações após ter traído por diversas vezes Maíra Cardi, com quem tem uma relação amorosa.

Apesar de fugir de polêmicas com outros famosos, Arthur não se recusou a responder perguntas sobre sua infidelidade e relembrando dos bastidores do reality, disparou: "Antes da polêmica [das traições], eu não entraria no Big Brother. Eu sabia que para eu mudar o cenário que eu estava, eu precisava fazer algo muito extremista para mudar a minha realidade naquele momento. Eu pedi uma oportunidade para mudar o meu cenário".  

O vencedor da edição BBB 22 continuou revivendo os momentos passados sobre a decisão de participar ou não do programa: "Quando chegou a oportunidade do Big Brother, em um primeiro momento, eu falei: 'Não vou fazer'. Depois eu entendi que aquela oportunidade era a que eu tinha pedido para Deus. Era uma oportunidade muito difícil, muito arriscada, mas que se eu soubesse quem eu era, o que eu queria, o que eu precisava fazer, não tinha como dar errado." E completou: "Eu acredito que o fato de eu saber quem eu era, saber das minhas qualidades, meus defeitos e saber que eu não era perfeito... Essa verdade fez com que as pessoas se identificassem de alguma forma".

Durante o período que ficou confinado, Arthur mencionou, em algumas ocasiões, as traições em seu relacionamento com Maíra: "Estou muito feliz de estar aqui, muito mesmo! Encaro como uma grande oportunidade para poder me reconectar comigo mesmo. Acho que me perdi ao longo do caminho, não tenho vergonha nenhuma de dizer isso." Arthur foi campeão do Big Brother Brasil 22 após conquistar 68,96% dos votos.