Bárbara Borges e Iran Malfitano aproveitaram a manhã desta sexta-feira (25) para conversar em A Fazenda 14. O ator relembrou o embate com Pétala Barreiros, que o atacou após a fala do peão sobre estupro. Segundo a atriz, a influenciadora é incoerente e usa uma estratégia de colocar os homens na mira dentro do reality show.

Iran se explicou. "O que eu falei? 'Me desculpa, eu fui infeliz na minha frase'. Só que isso não foi levado à frente como a minha frase foi. Se você fala uma besteira pra mim, eu falo: 'Poxa, Babi, não fala isso porque é errado'. [...] É diferente de falar uma besteira, dar de ombros, tocar o f*da-se e tocar o barco", começou.

Bárbara concordou com o amigo. "Por isso que há muitas incoerências. Quando a Deolane, que é amiga dela, fez todos aqueles xingamentos horrorosos que todo mundo viu para a Deborah e a Pétala justifica que é 'a cultura da Deolane', 'a forma da Deolane falar', ela está minimizando quem ela quer e maximizando o seu erro. É o que convém a ela. A 'cultura' dela [Deolane] justifica e minimiza, e, no seu caso, maximiza e ataca. E aí começa a colocar em questão o seu caráter como homem. Isso é uma agressão absurda, um homem que fala uma frase dessa e não se retrata", respondeu.

Babi citou quando Iran comentou que havia traído sua esposa. "Deletou, não. É o que convém. Ela esconde isso no discurso dela para te atacar e, depois, à medida que o jogo vai avançando, ela traz mais um ponto seu que não tem nada a ver com o jogo para colocar em dúvida o seu caráter, para que a sua vida íntima, quem você é lá fora, seja colocado no jogo como se você fosse um homem mau-caráter, desleal. É complicado. E o tempo inteiro eu vejo que o jogo dela é em cima disso, em cima do homem. E aí ela vai nas mulheres que não concordam com ela", pontuou.

A atriz relembrou do caso envolvendo Shay. "No caso do Shay, ela estava querendo destacar que o Shay era tarado, assediador. Ela chamava: 'tarado nojento, psicopata'. Ou seja: que ele olhava com malícia sexual, como se estivesse desejando. E você é um 'mau-caratismo' de deslealdade, de falar essa frase - que é muito forte mesmo - e uma traição que não tem nada a ver com o jogo. Só que o jogo dela é isso, apontar isso. Porque eu acho que tem a ver com o que ela faz lá fora, que o Alex falou, que é falar para as mulheres, porque acho que, na vida dela, ela teve isso. Eu, de fato, não posso falar absolutamente nada. Eu não sei quem são essas pessoas lá fora", disse.