Elon Musk agitou as redes sociais ao revelar que estuda a possibilidade de lançar um smartphone. A declaração aconteceu depois que o empresário foi perguntado sobre o assunto pela podcaster Liz Wheeler. Através do Twitter, ele afirmou que pensa em lançar um aparelho que dispute mercado com iPhone e Android.

A podcaster disse que, caso o Twitter seja retirado de lojas como Play Store e App Store, Elon Musk deveria lançar seu próprio smartphone. Ela ainda teoriza que metade dos Estados Unidos deixariam de usar iPhones e aparelhos Android devido ao "viés" dos sistemas operacionais. "O homem constrói foguetes para Marte, um pequeno smartphone seria fácil, certo?", disse.

Ao ler a mensagem, o empresário confirmou que poderia construir um celular para brigar com Google e Apple. Ele disse que espera não chegar a esse ponto, mas caso não tenha escolha, poderá lançar um smartphone próprio e rivalizar com o iPhone e modelos equipados com Android: "Eu certamente espero que não chegue a esse ponto, mas, sim, se não houver escolha, eu farei um smartphone alternativo", disse.

Elon não deu detalhes sobre um possível lançamento. Vale destacar que o projeto possivelmente não seria uma prioridade na agenda do empresário já que ele ainda possui entregas para fazer na Tesla, como o aguardado Cybertruck, e segue trabalhando na SpaceX, que perdeu um foguete no espaço recentemente. O empresário também está trabalhando no Twitter, onde assumiu o papel de CEO e realiza reestruturações na rede social.