O camisa 10 da Seleção Brasileira, Neymar, por ora, está fora de combate na Copa do Mundo do Qatar. Com a lesão sofrida no duelo contra a Sérvia, na vitória do Brasil da última quinta-feira (24), a continuidade de Neymar na competição virou uma incógnita. O jogador foi bastante marcado no primeiro jogo do Brasil e um de seus algozes na partida quebrou o silêncio.

 

O volante da Sérvia, Nemanja Gudelj, concedeu entrevista ao jornal holandês 'Telegraaf' e foi sincero quanto ao lance que lhe rendeu um cartão amarelo: "Eu mesmo não senti que o acertei com muita força. Foi uma falta clara e um cartão justificado, mas eu tentei não acertá-lo com força e certamente não no tornozelo. Acho que ele se machucou em outra ação, porque ele jogou um pouco mais. Na minha opinião, foi uma falta necessária, mas que acabou me custando a substituição", declarou Gudelj.

Neymar sofreu nove faltas durante o duelo contra a Sérvia e logo já assumiu o primeiro lugar da lista dos que mais foram parados na primeira etapa da fase de grupos. A falta derradeira, que tirou o camisa 10 de campo foi do zagueiro Milenkovic. O craque do PSG bem que tentou suportar, mas precisou sair com o tornozelo bastante inchado.

O Brasil volta a campo na próxima segunda-feira (28), para encarar a Suiça, às 13h. Neymar não estará em campo e a tendência é que o camisa 10 da Seleção de Tite não conclua a primeira fase, já que é grande as chances de não estar à disposição para o jogo contra Camarões, que acontece no dia 2 de dezembro (próxima sexta-feira). Aa projeção, é que a comissão técnica intensifique o tratamento do Menino Ney para que ele entre na fase de mata-mata.

Quem irá ao mata-mata? E quem levantará a taça? Dê seus palpites com este simulador da Copa do Mundo do Qatar 2022.

Baixe o aplicativo Bolavip e acompanhe em tempo real todas as informações sobre a Copa do Mundo Qatar 2022. Download aqui.