Nesta quinta-feira (23), o Ministério da Saúde atualizou o número de casos de varíola dos macacos em todo o país, segundo o MS são 14  registros da doença. Mas após esses dados serem divulgados, a prefeitura do Rio de Janeiro, por meio de sua secretaria de saúde, confirmou mais 2 casos de varíola dos macacos na região.

Dessa forma, são totalizados 16 casos reconhecidos pelas autoridades sanitárias, entre dados municipais e federais, distribuídos por três estados, englobando a região sudeste e a região sul: são dez registros em São Paulo, quatro no Rio de Janeiro e dois no Rio Grande do Sul. Segundo a prefeitura do Rio de Janeiro, as novas contaminações são em indivíduos do sexo masculino: um de 25 e outro de 30 anos.

Os pacientes não têm histórico de viagem internacional recente ou contato com pessoas do exterior, portanto, são caracterizadas infecções advindas de outros indivíduos do mesmo estado. Os contaminados estão em isolamento domiciliar com acompanhamento diário da evolução do quadro de saúde, e segundo a secretaria de saúde do município, eles apresentam boa evolução clínica. 

No início da matéria foi esclarecido que os dados divulgados mais cedo pelo Ministério da Saúde ainda não contabilizavam os dois novos casos do Rio de Janeiro, mas é importante mencionar que o levantamento já incluía as três ocorrências do estado de São Paulo que também foram confirmadas hoje, em que todos os pacientes são do sexo masculino e residentes na capital paulista.