Nos últimos anos passou a ser comum alguns “grinders” europeus buscarem refugio no Brasil. O craque britânico Sam Grafton, entrevistado com exclusividade pelo Bolavip Brasil durante o EPT Praga contou sobre o período que viveu no Rio de Janeiro. Em alguns casos, essa medida é ocorre por conta do fuso horário nacional que favorece a prática do poker online em solo tupiniquim.

Segundo uma publicação da comunidade de Portugal, “Polarize”, essa migração de jogadores europeus para a América do Sul só traz benefícios ao estilo de vida dos “poker players”. Quem joga online na Europa, acaba trocando o dia pela noite, ou seja, dormindo quando está claro e acordando ao entardecer. Essa rotina afeta diretamente ao que é conhecido como “ciclo arcadiano”, ou “ritmo arcadiano”.

Essas alterações no ritmo normal de uma vida podem acarretar no desenvolvimento de doenças mentais, como ansiedade ou depressão, além do aumento da irritabilidade e fadiga. Quando escurece, os nossos olhos enviam para o hipotálamo um sinal de que está na hora de se sentir cansado. A luz do sol funciona como uma espécie de interruptor entre a sonolência e o estado de alerta.

Existem muitos benefícios para jogar poker online, mas certamente trocar o dia pela noite não é um deles. Ainda de acordo com o texto do “Polarize”, a rotina dos jogadores em Portugal é bem diferente daqueles que moram no Brasil. Enquanto os radicados na Europa acordam por volta do meio dia e dormem às 4h30 da madrugada, aqueles que residem no país tropical costumam despertar às 8h30 e vão deitar por volta de meia noite.