arrow_drop_down
search
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Futebol Santos

Colecionador de polêmicas, Cueva sofre no Santos o mesmo problema vivido no São Paulo

Peruano acumula passagens polêmicas pelos rivais, que se enfrentam hoje na Vila Belmiro. Jogador está fora dos planos de Sampaoli e não fica nem no banco

Bolavip

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Foto: Ivan Storti/Santos FC (Foto: https://www.flickr.com/photos/santosfc/46371621454/in/photolist-2dDGFuJ-2eKCFfM-2eBTvxj-2eBTvrs-zf1WhK-2eefFfv-uzAHxn-uzEDdx-sf9Yii-vNkhAU-DkDFMf-oZSxvW-Ea95T4-E7W6CN-DkZm1F-EUQV8Y-2dx2Yju-vwUEZZ-ptt5cJ-pu98dV-26wuhYp-vuay8L-v796vg-uzwwPs-vucDVy-vwRmNK-v6m6mS-vvXNXU-NyKe1s-yiceKQ-veZH5F-2gqsS25-2gqsCaT-2gqsz9n-uzxT31-PfHFwU-PfHFmy-HEL5M4-s6ztaY-vwUYqv-vwwn2c-b5gyUT-23hDfSj-2eyreb1-242zuFa-2eyrefu-2eD2m3p-QSGGwK-2eD2kFT-242zui6)

Santos e São Paulo disputam, neste sábado (16), na Vila Belmiro, o 310°capítulo do clássico San-São. Atualmente na terceira posição do Campeonato Brasileiro e com vaga praticamente garantida na Libertadores do ano que vem, o Peixe tem em seu elenco um jogador que colecionou polêmicas, boas jogadas e desconfiança das arquibancadas pelo rival da capital. 

O peruano Christian Cueva, meio campista de 27 anos que chegou à baixada santista no começo de fevereiro, é um "problema em comum" para as duas agremiações. No Tricolor Paulista o atleta teve um início bastante promissor, após ser contratado vindo do Toluca (México). Em pouco menos de um mês, o jogador assumiu a titularidade e marcou seu primeiro gol em clássico contra o Corinthians. No ano seguinte, assumiu a camisa 10 e teve atuação de gala contra o mesmo rival, em clássico vencido pelo São Paulo por 4 a 1 no Morumbi

Para tristeza da torcida Tricolor, o desempenho do novo camisa 10 não foi superior à sua capacidade de criar confusão. O peruano foi multado por atraso em reapresentação, se irritou com substituições e a reserva e chegou a declarar sua chateação após o São Paulo não negociar seu passe com o Al-Hilal da Arábia Saudita. Após a Copa do Mundo de 2018, o São Paulo concretizou a venda do passe do jogador para o Krasnodar (Rússia) por 8 milhões de euros.


Na Europa, o atleta não repetiu o bom futebol e, pouco tempo depois, fez as malas e partiu para Santos como a segunda contratação mais cara da história do clube. Por lá, o meio campista está devendo. Foram apenas 16 partidas e nenhum gol ou assistência. Já as polêmicas continuaram. O jogador foi flagrado brigando em uma casa noturna, faltou após reintegração ao elenco e, de quebra, posou com a camisa do Tricolor Paulista após treino da seleção peruana no CT do São Paulo. 

Afastado do elenco, Cueva não faz parte dos planos de Jorge Sampaoli, nem para o clássico e nem para o restante da temporada. O Santos aguarda propostas pelo jogador. A diretoria do Santos até recebeu proposta de empréstimo. O Goiás encaminhou uma oferta no final de setembro, mas o clube santista não respondeu antes do término do prazo para inscrição de atletas no Brasileirão. 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.