arrow_drop_down
search
Joelinton e Jadsom podem ajudar Sport com vendas para a Turquia

Notícias: Mais notícias

Notícias Sport

Após Joelinton, Sport pode faturar com venda de volante para o Fenerbahçe; Bivar revela porcentagem real do Leão na negociação

Mercado europeu mostra-se interessado em jogadores conhecidos do torcedor rubro-negro. Joelinton, hoje no Newcastle, foi o primeiro a aparecer nas manchetes de clube turco e, agora, é a vez de volante que recentemente defendeu a camisa do Leão

Bolavip

Joelinton e Jadsom podem ajudar Sport com vendas para a Turquia

Joelinton e Jadsom podem ajudar Sport com vendas para a Turquia

Neste momento, se existe um país europeu observado de perto pelo torcedor do Sport, ele se chama Turquia. As notícias oriundas do futebol de lá podem deixar o rubro-negro ainda mais feliz com o desenrolar das negociações. Há alguns meses, o atacante Joelinton, hoje no Newcastle, da Inglaterra, entrou na mira do Trabzonspor. Nos últimos dias, foi a vez do volante Jadsom, que vem sendo ligado ao Fenerbahçe. 

É bem verdade que Jadsom pertence ao Cruzeiro até fevereiro de 2024. A Raposa garantiu 60% dos direitos econômicos deste jogador, em 2019, por quase R$ 1 milhão. Na manhã desta segunda-feira (29), em conversas com o presidente Milton Bivar, ele me garantiu que o Sport possui 40% dos direitos deste atleta, não tendo divisão com empresários e/ou terceiros.

Jadsom não jogou 45 minutos pelo Sport para ser negociado ao Cruzeiro em 2019. Hoje já tem clube europeu em seu encalço (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Os turcos pensam em desembolsar algo em torno dos € 3 milhões (cerca de R$ 18 milhões na cotação atual) pelo jogador do time mineiro. No caso de Joelinton, o Sport só seria beneficiado pelos mecanismos da Fifa, que ajudam os clubes formadores em negociações. Com Jadsom são duas vias: uma aquisição de percentual dos rubro-negros e o próprio Mecanismo de Solidariedade que, para o Leão, representa 2% do negócio (algo em torno dos R$ 1 milhão).

No Sport, o volante iniciou muito jovem e não atuou por muitos jogos nas categorias inferiores do clube. Mesmo assim, sempre foi cotado como uma das grandes joias rubro-negras. Pelo profissional do Leão, Jadsom fez apenas uma partida: 19 minutos do jogo entre América e Sport, pelo Estadual do ano passado. Partida suficiente para o atleta deixar o clube semanas depois.

Diferentemente do que aconteceu em Recife, Jadsom ganhou muito destaque após a disputa da Copinha pelo Cruzeiro. Projeção que o levou ao time profissional, mesmo muito novo. Não é exclusividade do Sport enxergar em Jadsom uma "ventilação" ao momento financeiro complicado. Endiviados até a cabeça e tendo a Série B em disputa, os mineiros têm broncas a serem resolvidas com urgência e o meio-campista pode ser a válvula de escape para as partes envolvidas.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.