arrow_drop_down
search
Diniz “barra” Brenner e define escalação pro clássico diante do Santos

Futebol São Paulo

Vai poupar? De olho no River Plate, Diniz “barra” Brenner e define escalação do São Paulo diante do Santos; torcida divide opiniões

No sábado (12), Santos e São Paulo se enfrentam na Vila Belmiro, às 19h (horário de Brasília)

Bolavip

Diniz “barra” Brenner e define escalação pro clássico diante do Santos

Diniz “barra” Brenner e define escalação pro clássico diante do Santos

Antes pressionado, Fernando Diniz conseguiu engatar uma sequência de vitórias no comando do São Paulo, devolvendo toda pressão aos diretores, principalmente ao presidente Leco. Alguns jogadores demonstraram uma evolução visível, como Hernanes e Luciano, que se destacou como principal jogador do Tricolor nos últimos jogos. Na última rodada do Campeonato Brasileiro, apenas empatou diante do Red Bull Bragantino, no Morumbi. 

Maurício Barbieri treinador do clube rival, viu seu time balançar as redes com Raul. Apesar da intensidade do São Paulo, poucas oportunidades foram criadas. Os visitantes não conseguiram aproveitar os espaços cedidos pelo Tricolor e desperdiçaram dois pênaltis. Luciano empatou, mas não adiantou muita coisa. Os torcedores não gostaram nada do resultado, isso porque Diniz e companhia poderiam encostar ainda mais no líder Internacional. 

Agora, na próxima rodada, visita uma das equipes mais embaladas do torneio. No sábado (12), Santos e São Paulo se enfrentam na Vila Belmiro, às 19h (horário de Brasília). Liziero, Daniel Alves, Joao Rojas e Walce, que se recuperam de cirurgia, serão desfalques. Com isso, Diniz deve utilizar: Tiago Volpi; Igor Vinicius, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê, Gabriel Sara, Hernanes e Igor Gomes; Vitor Bueno e Luciano. Os rivais ganharam do Atlético-MG e buscam mais um triunfo. 

Foto: Divulgação

Juanfran e Brenner perdem lugares em relação ao último jogo. Paulinho Bóia também fica como opção na reserva. De olho na Libertadores, Diniz, seguindo uma linha contrária, optou por não poupar diante do Santos. Na competição continental, as coisas não estão fáceis do lado tricolor, que acumula uma vitória (LDU) e uma derrota (Binacional), além de estar na vice-liderança do Grupo D com os mesmos três pontos de todos os outros times da chave.

São Paulo e River Plate duelam na próxima quinta-feira (17), às 19h, no Morumbi. “Uma coisa para ser campeão é ver quem oscila menos. Todo mundo vai oscilar dentro do campeonato, mas não podemos oscilar como estamos. Tínhamos de ganhar os três pontos em casa, temos de ter um nível de concentração e entrega mais linear para alcançar o objetivo, declarou Fernando Diniz após empatar na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.