arrow_drop_down
search
Vagner Mancini traça planejamento para Victor no Atlético-MG após lesão

Futebol Atlético-MG

Vagner Mancini traça planejamento para Victor no Atlético-MG após lesão

Recuperado de um problema sofrido na metade da temporada, o goleiro está novamente à disposição do Galo. Ídolo da torcida, o camisa 1 ainda pode ser utilizado nas últimas partidas de 2019

Bolavip

Vagner Mancini traça planejamento para Victor no Atlético-MG após lesão

Vagner Mancini traça planejamento para Victor no Atlético-MG após lesão

O goleiro Victor está novamente integrado ao elenco do Atlético-MG após passar por uma grave lesão na temporada. Sem entrar em campo desde o mês de julho, o camisa 1, que já demonstrou não ter pressa para voltar ao time titular, pode reaparecer ainda em 2019 na equipe. Sem vencer há dois jogos, o Galo precisa se consolidar na Série A nas rodadas derradeiras do Brasileirão.

Victor Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini / Atlético / Divulgação

A última atuação de Victor nesta temporada aconteceu no dia 17 de julho, contra o Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na sequência, apresentou uma tendinite no joelho esquerdo, lesão que o acompanhou até as últimas semanas. Com o goleiro novamente à disposição, o técnico Vagner Mancini, que reconhece a importância do experiente jogador para o elenco, traça planos para o restante do ano.

Victor Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini / Atlético / Divulgação

“Penso muito sobre isso. É lógico que nós temos que dar para o Victor uma condição de ele poder entrar num jogo um pouquinho mais ameno. Acho que ainda não é o momento. E ele próprio sabe disso. A gente tem falado sobre isso diariamente. Não é o momento ainda. O Cleiton vem muito bem no time. Mas assim que nós tivermos uma oportunidade de devolver para o Victor a chance de jogar... Fizemos ao longo dessas duas últimas semanas dois jogos contra o time sub-20 exatamente para que ele e os outros atletas... Porque já é um desejo nosso que até o final do ano ele volte a jogar”, disse o técnico.

Aos 36 anos, o goleiro reconhece a necessidade de seguir em busca de sua melhor forma física e mantém a expectativa de ser acionado no momento em que o Atlético-MG conseguir se tranquilizar na classificação. "Não tenho vaidade de ter de ser titular. Quero fazer o que for melhor ao clube. O tempo que passei parado, não me vejo na melhor condição, por estar sem ritmo. Mas se precisar jogar, caso queiram contar comigo, farei o meu melhor. Sendo um cenário um pouco mais tranquilo de tabela, para mim dá mais tranquilidade. Desde julho sem jogar, é um tempo. Vou treinando para me tornar 100% seguro”,  destacou.

Temas:

  • Atlético-MG
  • Victor
  • Galo

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.