arrow_drop_down
search
Tiago Nunes defende destaque da seleção pré-olímpica

Futebol Corinthians

Tiago Nunes defende destaque da seleção pré-olímpica, mas não garante titularidade e avisa: “precisa se adaptar mais ao nosso modelo”

Destaque da seleção brasileira sub-23 foi expulso na partida desta quarta-feira (12) contra o Guaraní
 

Bolavip

Tiago Nunes defende destaque da seleção pré-olímpica

Tiago Nunes defende destaque da seleção pré-olímpica

Após a eliminação para o Guaraní, do Paraguai, o técnico Tiago Nunes concedeu uma entrevista coletiva e explicou quais foram os motivos que levaram o Timão a cair logo na primeira fase da competição sul-americana. O time paulista venceu o jogo da volta por 2 a 1, mas com o critério de gol fora de casa, acabou deixando a competição.

Durante a coletiva, ao ser perguntando sobre o meia-atacante Pedrinho, que foi expulso ainda no primeiro tempo da partida por causa de dois cartões amarelos, o treinador defendeu o camisa 10 corintiano e disse que o jogador não é o culpado pela desclassificação corintiana da Libertadores. “Não tem nada de vilão, é um atleta muito importante para a nossa equipe. A primeira falta foi um acidente, foi bem na minha frente. A segunda ele nem enxerga, está de costas tentando a bicicleta, mas o adversário antecipa. Como vou culpar? Não tem como. Enquanto esteve em campo contribuiu muito. Tem todo o nosso carinho. Eu não fico passando responsabilidade, temos que lamber nossas feridas, saber o que precisamos melhorar. Que esse momento sirva de aprendizado tanto para mim quanto para ele”, disse o treinador

Pedrinho foi expulso ainda na primeira etapa.

Ainda questionado se o jogador de 21 anos é titular de sua equipe para a sequência da temporada, Tiago Nunes elogiou o atleta vice-campeão do Pré-Olímpico, mas não deu certeza que o jogador jogará entre os 11 titulares. “Pedrinho é ótimo jogador, atleta de seleção olímpica, vem de uma conquista importante. Tem toda identidade do clube, todo o respeito nosso. Como jovem, precisa evoluir em aspectos táticos, técnicos e físicos. É um jogador que precisa se adaptar mais ao nosso modelo. A função que ele exerceu hoje foi à mesma que exerceu pelo Brasil contra a Argentina. Como nós jogamos com Boselli e Love, e lá na Seleção jogava com Matheus Cunha e Paulinho, pedimos para ele fazer a mesma função, já que estava adaptado. Fez com qualidade. Para o próximo jogo vamos avaliar, depende do jogo. Ele vai disputar posição com os demais”, explicou.

Agora focado somente no Campeonato Paulista neste primeiro semestre, Alvinegro volta a campo no próximo sábado (15), às 19h, contra o São Paulo, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. O Corinthians é o vice líder do Grupo D com 7 pontos, um a menos que o Guarani, que é o líder com 8 pontos conquistados.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.