Flamengo: Campeão da Copa Libertadores da América 2019

Futebol: Mais notícias

Futebol Flamengo

Teve dois do Gabigol e a América foi pintada com as cores do Flamengo; domingo o Fla pode se consagrar campeão brasileiro

Em jogo eletrizante e com emoção até o último minuto, Flamengo vira e é campeão da Libertadores 2019

Bolavip

Flamengo: Campeão da Copa Libertadores da América 2019

Flamengo: Campeão da Copa Libertadores da América 2019

A fila acabou para o flamenguista, que não soltava o grito de campeão da Libertadores desde 1981. Para os mais novos restava ver vídeos e ouvir histórias daquele time fantástico comandado por Zico.

Gabigol foi o artilheiro da Libertadores - Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Agora, com Jorge Jesus no comando técnico; Gabigol, Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Arrascaeta, dentro de campo, o torcedor rubro-negro das gerações Y e Z, tem o seu próprio 'Dream Team' e pôde desfrutar de uma campanha quase perfeita do Mengão na competição continental.

Na primeira final disputada em jogo único e campo neutro, o estádio Monumental de Lima, no Peru, recebe brasileiros e argentinos para o que seria um jogo emocionante até o último minuto.

A Nação fez uma linda festa em Lima - Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo iniciou o jogo pressionando o River, criando as melhores chances e imprimindo velocidade. Mas, logo os Millonários equilibraram a partida e abriram o placar com Borré, aos 14 minutos do primeiro tempo. O restante do primeiro foi de muita marcação e ambas equipes disputando cada pedaço do gramado, mas com Flamengo sem finalizar - foi apenas um chute à gol na primeira etapa.

O técnico Jorge Jesus deve ter puxado a orelha dos seus comandados, que voltaram para o segundo tempo mais "elétrico", querendo jogo e finalizando mais, também. O River continuou atacando, mas priorizando a defesa.

O tempo voava para o torcedor rubro-negro e caminhava a passos lentos para os argentinos. Quando já era quase certa a vitória do River, aos 43', Gabigol recebe livre e só empurra para a rede e empata o jogo. O Mengão manteve vivo o sonho do bicampeonato. O que já era bom, ficou melhor. Aos 46 minutos, Gabigol - de novo ele -, ganha disputa de bola com a zaga argentina e chuta forte para virar o jogo e definir o placlar: 2 a 1.

Os dois gols na final fez Gabigol chegar a nove gols na Libertadores, assim sendo o artilheiro da competição - assim como foi Zico em 81 (com 14 tentos).

O flamenguista já pensa no Mundial de Clubes, no Liverpool... mas, ainda tem o Brasileirão. Caso o Palmeiras não ganhe do Grêmio, o título já será do Mengão. A partida entre paulistas e gaúchos está marcada para este domingo (24), às 16h, no Allianz Parque.

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.