arrow_drop_down
search
Ivan Storti/Santos FC

Futebol Santos

Santos rejeita proposta do Shimizu S-Pulse, do Japão, por goleiro e faz contraproposta; Ceará monitora situação do arqueiro para contratação

Tanto Vanderlei quanto Vladimir estão na berlinda no Santos e podem sair em caso de boas propostas aparecerem, como parte do processo de reestruturação da folha salarial
 

Bolavip

Ivan Storti/Santos FC

Ivan Storti/Santos FC

Sempre muito bem servido debaixo das metas, o Santos recebeu sondagens por dois de seus goleiros no últimos dias. Em baixa nos últimos meses, um dos destaques da década no gol do Santos, Vanderlei, de 35 anos, pode deixar o clube caso o Peixe receba uma proposta que considere boa. Já o arqueiro Vladimir, de 30 anos, esteve emprestado ao rebaixado Avaí ao longo do ano e deve ser vendido nos próximos dias.

Igor Storti/Santos FC

A experiência de Vladimir lhe rendeu uma proposta do Shimizu S-Pulse, do Japão. O clube japonês procura um goleiro no cenário do futebol brasileiro que custe cerca de 1 milhão de dólares (4 milhões de reais) numa eventual opção de compra, pois, é para um empréstimo de 10 meses e, por esse valor, o Santos não aceitou e fez uma contraproposta de 3 milhões de dólares (12 milhões de reais), mas os japoneses não aceitaram. Outro clube interessado em contar com o arqueiro é o Ceará, que também monitora o goleiro Jordi, que estava emprestado ao CSA mas pertence ao Vasco da Gama.
 

Revelado pelo clube, o goleiro tem contrato com o Santos até o fim de 2020. Disputou o Campeoanto Brasileiro pelo Avaí: 34 jogos, 53 gola sofridos e 8 jogos sem sofrer gols. Apesar do rebaixamento, foi essencial em grandes momentos do clube catarinense na temporada.

Já quanto a Vanderlei, reserva ao longo do Campeonato Brasileiro de 2019, o profissional ainda não sabe qual será o seu destino em 2020. Mesmo com o pedido de demissão de Jorge Sampaoli, técnico que o sacou do time titular, o arqueiro não sabe se ficará no Alvinegro Praiano, visto que tem mercado entre os clubes do Brasil e o Peixe passa por um momento financeiramente conturbado, necessitando fazer caixa com a venda de alguns jogadores. De acordo com o agente do atleta, Carlos Eduardo, o camisa 1 ainda não recebeu propostas: "Não recebemos nenhum contato, nem eu, nem o Vanderlei. Se o Santos foi procurado, ainda não fomos comunicados", comentou o representante.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.