arrow_drop_down
search
Foto: Getty Images

Futebol Grêmio

Saída de Renato ganha força no Grêmio e final da Copa do Brasil é “usada como desculpa”; treinador não topou negociar antes da decisão

Com o baixo aproveitamento de Rogério Ceni à frente do Flamengo (44,4%), o nome de Renato tomou conta das redes sociais e dividiu opiniões entre a Nação Rubro-Negra

Bolavip

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Renato carrega consigo a fama de conseguir recuperar jogadores que chegaram ao Grêmio em baixa. O próprio treinador costuma repetir em entrevistas que, caso o atleta queira dar a volta por cima, ele consegue ajudar. Thiago Neves, e Robinho, por exemplo, foram contratados. Jogadores mais experientes, conhecidos como medalhões, são predominantes no atual elenco, que também conta com jovens promissores: Matheus Henrique, Pepê e JP

Mesmo com alguns erros em contratações e fiascos em eliminações (como na goleada sofrida contra o Flamengo, em 2019), o treinador é considerado, por muitos, o maior técnico/jogador da história do clube. Renato já viveu momentos de tensão, mas sua demissão nunca foi especulada entre os dirigentes. Jorge Nicola, jornalista dos canais ESPN Brasil/Grupo Disney, informou, há algumas semanas, que o futuro do comandante pode ser longe de Porto Alegre

A informação também foi confirmada pelo jornalista Alex Bagé, que detalhou a situação do treinador em seu último vídeo postado no YouTube. “Não se tem a certeza se o Renato pode ou não sair do Grêmio. Eu tenho a informação de que pela vontade do clube ele não sai. Mas será que a vontade do Renato e a pressão de uma outra proposta não vai ser suficiente pra tirar ele? A vontade do Grêmio, eu tenho certeza, é que ele vá até o final de 2022”, pontuou o jornalista. 

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Com os maus resultados de Rogério Ceni no comando do Flamengo, jornais e repórteres do Rio de Janeiro noticiaram que Renato poderia ser buscado pelos dirigentes cariocas para assumir a equipe. A especulação não é de hoje, já que o Rubro-Negro sempre sondou a situação do treinador do Grêmio. Portaluppi, vale ressaltar, ganhou uma estátua de bronze (em alusão ao gol marcado contra o Hamburgo) na esplanada da Arena, ainda no começo de 2019. 

“Eu não tenho mais tanta certeza assim da vontade do Renato. A informação que eu tenho é que o Renato não aceitou conversas antes das finais da Copa do Brasil. Ou seja, é uma lista interminável de especulações”, finalizou Bagé. Renato já havia treinado o Grêmio duas vezes (2010-11 e 2013) antes de, enfim, escrever sua história mais longa. No Imortal desde 2016, Portaluppi colecionou títulos e vem quebrando recordes impressionantes.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.