arrow_drop_down
search
Róger Guedes precisa de

Futebol: Mais notícias

Futebol Palmeiras

Róger Guedes precisa de "aval" interno para possível volta ao Palmeiras; molde de negociação é revelado

Jogador se tornou o "plano A" em iminente saída de Dudu para o mundo árabe; atacante teve boa passagem pelo Verdão

Bolavip

Róger Guedes precisa de

Róger Guedes precisa de "aval" interno para voltar ao Palmeiras

Ainda sem um posicionamento oficial, o Palmeiras negocia nos bastidores a venda do atacante do Dudu para o Al-Duhail, do Catar. Os árabes estariam dispostos a desembolsar 13 milhões de euros (cerca de R$ 80 milhões) pelo camisa 7. O Verdão, no entanto, estaria pedindo 15 milhões de euros (cerca de R$ 91 milhões) para a liberação do atleta.

O jogador, inclusive, teria se animado com a proposta salarial oferecida pelo Al-Duhail, assim indicando a possibilidade de deixar a Academia. Já pensando em uma reposição para a iminente saída de Dudu, a diretoria alviverde pensa em repatriar um "velho conhecido" da torcida: Róger Guedes, que deve permanecer no Brasil nesta temporada.

No contrato de Guedes há a cláusula que garante ao Palmeiras 3 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões) caso o jogador seja emprestado para qualquer equipe do futebol brasileiro. Porém, o clube paulista é o único que não precisa efetuar esse pagamento para conseguir o empréstimo do atacante junto ao Shandong Luneng. A ideia é fazer uso desse "trunfo".

No entanto, apesar do desejo da diretoria em contar com Róger Guedes caso Dudu seja negociado, há um outro empecilho que pode "melar" a negociação. Segundo informações do jornalista Sandro Barboza, da Bandeirantes, o atacante possui problemas interno com diversos jogadores do atual elenco - dentre eles, o volante Felipe Melo.

Antes de avançar nas tratativas, o grupo será consultado e, caso haja a "liberação", o negócio pode ganhar um novo status. A ideia do Palmeiras é equilibrar suas finanças ainda nesta temporada e não quer fazer loucuras. A chegada de Guedes, por exemplo, só aconteceria em caso de empréstimo, tendo em vista o contrato do atleta com Shandong até 2022.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.