arrow_drop_down
search
Foto: Getty Images

Futebol: Mais notícias

Futebol Corinthians

Presidente do Rio Claro entra em cena e "detona" Corinthians por venda de Avelar: "Se não tem dinheiro, como contrata?"

Timão conseguiu adiar o pagamento para o final de julho, o que irritou o olube do interior de SP, que tem direito à "fatia" da venda do defensor como clube formador

Bolavip

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Em "cabo de guerra" com a diretoria do Boca Juniors, da Argentina, o atacante Carlos Tevez reviveu o sonho da torcida corintiana em vê-lo novamente no Parque São Jorge. O jogador, inclusive, declarou que deseja encerrar a carreira pelo Corinthians ou West Ham, da Inglaterra, já na próxima temporada - o que irritou a alta cúpula do Boca.

 

Embora já conte com a aprovação prévia do presidente do clube, Andrés Sanchez, a pedida salarial de Tevez é um dos maiores problemas no momento. Conforme apurou o Blog do Macedo, o veterano estaria pedindo 250 mil dólares (cerca de R$ 1,3 milhão) mensais para renovar com os xeneizes por mais uma temporada.

Com Tevez cada vez mais distante de Itaquera, o Timão se concentra em não perder outro atleta que já faz parte do elenco e chegou recentemente. Após especulação da imprensa colombiana de que Víctor Cantillo poderia retornar ao Junior Barranquilla por conta da situação financeira do Alvinegro, Andrés afirmou que essa possibilidade é remota e o volante permanece no clube.

Foto: Getty Images

Além de Cantillo, o zagueiro/lateral Danilo Avelar é mais um atleta que precisa ser pago. No entanto, o Corinthians conseguiu adiar o pagamento da primeira parcela para o fim de julho deste ano. A medida, no entanto, irritou a direção do Rio Claro, clube do interior paulista que é o formador de Avelar e teria direito a parte do valor pela aquisição do jogador.

"O que me deixa mais espantado é: se não tem dinheiro para pagar, como contrata? Na semana que eles tinham que pagar, contrataram o Jô. É uma falta de respeito, não só com o Rio Claro, mas até com os próprios jogadores que estão lá com o salário atrasado", disse Dayvid Medeiros, presidente do Rio Claro, em entrevista ao site "Escanteio SP".

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.