arrow_drop_down
search
Paulo Nobre ataca gestão de Galiotte no Palmeiras:

Futebol: Mais notícias

Futebol Palmeiras

Paulo Nobre aparece e não poupa 'gentilezas' contra gestão do Palmeiras; Galiotte e Leila viram alvos

Antes sumido da política, ex-presidente do Verdão se pronunciou em meio à turbulência no clube e não poupou desafetos. Maurício Galiotte e Leila Pereira foram os alvos de críticas contundentes que agitaram as redes sociais na noite desta segunda (02)

Bolavip

Paulo Nobre ataca gestão de Galiotte no Palmeiras:

Paulo Nobre ataca gestão de Galiotte no Palmeiras: "Bando de medíocres"

O caos está instalado no Palmeiras. A derrota por 3 a 1 para o Flamengo, no último domingo (01), no Allianz Parque, marcou o fim da breve passagem de Mano Menezes no comando do time alviverde. Junto na bagagem, deixou o clube Alexandre Mattos, o homem que cuidou do futebol na Academia desde 2015. Quem anunciou a saída da dupla foi o próprio Maurício Galiotte, que era a imagem do desânimo por completo na entrevista coletiva. Contrariado, o presidente do Verdão se surpreendeu também com a atitude da conselheira Leila Pereira, dona da Crefisa, que minutos antes já antecipara a debandada de Mano e Mattos. 

As saídas de Mattos e Mano só deixaram claro o quão caótica foi a temporada do Palmeiras, que sequer conseguiu chegar a uma final nas quatro competições que disputou. O fracasso no planejamento do elenco - e tudo com aval do atual presidente - fez com que grande parte da torcida alviverde clamasse pela volta de Paulo Nobre ao pleito. Mandatário de 2013 a 2016, ele foi o responsável por colocar o clube novamente nos trilhos, chegando a emprestar dinheiro para sanar as dívidas. Entretanto o cartola deixou definitivamente o clube ao ver Galiotte, antes seu braço direito, aliar-se à Leila, desafeto de Nobre. 

Na noite desta segunda-feira (02), diante do ambiente conturbado no Palmeiras, o ex-presidente resolveu se manifestar nas redes sociais. Em sua conta no Instagram, Nobre não poupou críticas à atual gestão, dando indiretas marcantes à patrocinadora. "Há 4 anos, o PALMEIRAS ganhava a Copa do Brasil de 2015, provando que a bola não entra por acaso, mas que era possível ter sucesso administrativo, financeiro e ESPORTIVO, apenas trabalhando sério, sem nenhuma mágica, sem tentar tomar atalhos, sem arrogância e ilusão de achar que SÓ O DINHEIRO é solução para tudo, com humildade, sem a prepotência 'nova rica' de achar que verde é cor da inveja, mas respeitando o verde como sendo a cor do Palmeiras, time que tem no seu DNA o protagonismo e deveria gerar admiração", começou o ex-mandatário. 

Leia Pereira e Maurício Galiotte não escaparam de críticas de Paulo Nobre por gestão problemática em 2019

Em seguida, atacou Galiotte e a atual administração por estragar todo progresso que conseguiu arduamente em anos negros para o Verdão. "É deprimente e melancólico perceber o quão difícil é construir um trabalho e conquistar o respeito do meio e da opinião pública, e como é fácil um bando de medíocres deslumbrados retrocederem aos mesmos padrões que quase faliram o clube. Palmeirenses, estejam certos que essa perdida gestão dificilmente terá outro ano frustrante como o de 2019, até acredito que vá ganhar títulos, mas a qual preço??", criticou Nobre. 

O desabafo do ex-presidente fez com que milhares de torcedores palmeirenses invadissem seu perfil e pedissem Nobre na próxima eleição, que só acontece no fim de 2021. Recentemente o cartola deixou o Conselho Deliberativo do clube e se afastou ainda mais da política alviverde. Nos bastidores, fala-se que Leila concorrerá ao pleito daqui a dois anos, principalmente pela mudança no estatuto. 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.