Pato agita torcida do Inter com

Futebol: Mais notícias

Futebol Inter

Pato agita torcida do Inter com "desafio" e deixa recado para colorados; declaração deu início à campanha por retorno

Cria da base colorada, Alexandre Pato agitou os colorados com desafio nas redes sociais; torcida do Inter não perdeu tempo e pediu seu retorno

Bolavip

Pato agita torcida do Inter com

Pato agita torcida do Inter com "desafio"

O futebol mundial está paralisado. A pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) – assim classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) -, obrigou que as federações e confederações suspendessem diversos campeonatos ao redor do mundo. Os Estaduais no Brasil, como o Gauchão, por exemplo, tiveram suas atividades suspensas por tempo indeterminado.

Sem futebol, clubes procuram formas de interagir com seu torcedor, expôr a marca de seus patrocinadores e outras maneiras de gerar engajamentos em suas redes sociais. No Twitter, a 'moda' é um time desafiar o outro com gols de jogadores que já vestiram as duas camisas. O São Paulo desafiou o Inter e postou um golaço de Alexandre Pato, cria colorada, contra o Grêmio, na Arena.

O atacante não perdeu a oportunidade de entrar na brincadeira e escreveu em seu Twitter: "Que isso, São Paulo! Logo esse gol? Inter gostou? Torcedores colorados, gostaram?", brincou Pato. A interação do atacante com a torcida do Inter rapidamente se transformou em pedidos para o craque voltar às suas origens. A rede social do jogador foi "invadida" com diversas mensagens.

O jogador, hoje com 30 anos, foi revelado pelo Inter em 2006 sendo a sensação daquela temporada, inclusive como titular da conquista do Mundial de Clubes diante do Barcelona. No ano seguinte, muito valorizado e cobiçado por diversos gigantes da Europa, foi vendido para o Milan, da Itália. No time italiano ficou até 2012, quando voltou para o Brasil para vestir a camisa do Corinthians.

Apesar de não ter retornado "para casa", Pato tem o carinho da torcida colorada, que alimenta o sonho de vê-lo novamente com as cores do Inter. Ao exemplo de Taison, em toda janela de transferência o boato de um regresso é especulado e, até o momento, não consumado. O afeto é recíproco por parte do atacante.

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.