arrow_drop_down
search
Marcão enaltece postura aguerrida do elenco durante coletiva pós-jogo

Futebol Fluminense

Marcão lamenta resultado ruim, mas faz elogios ao elenco e à torcida do Flu

Mais de 24 mil torcedores compareceram ao Maracanã para ver o empate do Fluminense contra o Atlético-MG; resultado deixa Tricolor das Laranjeiras no Z-4

Bolavip

Marcão enaltece postura aguerrida do elenco durante coletiva pós-jogo

Marcão enaltece postura aguerrida do elenco durante coletiva pós-jogo (Foto: Lucas Mercon / Fluminense FC)

O desfecho da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro para o Fluminense não foi das melhores. Apesar da vantagem estabelecida aos 16 minutos do primeiro tempo com um gol contra do lateral atleticano Patrik, o Tricolor das Laranjeiras sentiu o gosto amargo do empate no final do jogo, quando Franco Di Santo balançou as redes para o Atlético Mineiro, aos 44 minutos da segunda etapa. O resultado foi ruim para as duas equipes, porém, o técnico Marcão não deixou de fazer elogios aos seus comandados.

Em entrevista coletiva após a partida, o treinador lamentou o resultado, mas gostou da postura dos jogadores, que mantiveram a vantagem durante quase todo o jogo. "Fizemos um primeiro tempo muito bom, marcamos em cima, conseguimos impor nosso ritmo e nosso jogo. Marcamos um gol e tivemos a possibilidade de fazer outro (...) Infelizmente, na última bola, eles conseguiram empatar o jogo. Quero enaltecer a entrega dos nosso jogadores" . 

Apesar de muito criticado pela torcida, o treinador não economizou elogios aos mais de 24 mil pagantes que estiveram no Maracanã e vaiaram o desempenho do time, especialmente Paulo Henrique Ganso. O camisa 10 não fez uma boa partida e, ainda no primeiro tempo, se desentendeu com Luan e tentou acertar um chute na canela do adversário.

Com o empate, o Fluminense dorme fora da zona da degola, mas pode reencontrar o Z4 na segunda-feira, caso o Cruzeiro vença ou empate com o Avaí no Mineirão. Faltando cinco rodadas em disputa, o time das laranjeiras terá duas partidas contra equipes que vivem alto risco de rebaixamento (Avaí a e CSA, ambos fora de casa), uma partida contra um adversário direto na luta contra a degola (Fortaleza em casa) e dois confrontos contra clubes da parte de cima da tabela (Palmeiras em casa e Corinthians fora). 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.