arrow_drop_down
search
Mancha Verde vai ao CT do Palmeiras para protestar contra Galiotte e o elenco

Futebol Palmeiras

Mancha Verde protesta no CT do Palmeiras e avisa: "Spa esse elenco não vai ter"; Rony, Felipe Melo, e Galiotte não escapam

Revoltados com o futebol apresentado pelo elenco nos útlimos jogos, a principal torcida organizada do palemeiras foi até a Academia de Futebol criticar os jogadores, o presidente Maurício Galiotte e o diretor de futebol Anderson Barros

Bolavip

Mancha Verde vai ao CT do Palmeiras para protestar contra Galiotte e o elenco

Mancha Verde vai ao CT do Palmeiras para protestar contra Galiotte e o elenco

O Palmeiras finalizou, neste sábado (17), seu último treino antes do embarque para o Nordeste, onde tentar quebrar uma sequência de três derrotas diante do Fortaleza, neste domingo (18), às 20h30, na Arena Castelão, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas engana-se quem pensa que os últimos ajustes foram feitos com tranquilidade após a demissão do técnico Vanderlei Luxemburgo. 

 

A Mancha Verde, principal torcida organizada do Palmeiras, foi até a Academia de Futebol nesta manhã para protestar contra o atual momento do Alviverde na temporada. Para a uniformizada, muitos jogadores estão fazendo corpo mole, o diretor-executivo de futebol Anderson Barros não tem capacidade de exercer um dos cargos mais importantes do clube, além de Maurício Galiotte estar usando o Palmeiras para brincar de presidente. 

 

Dentre os atletas, os mais cobrados foram o atacante Rony e o zagueiro Felipe Melo. “Ah que bom será, se o Rony voltar para o Paraná”, cantavam os torcedores. “Tá de brincadeira, o Rony com a camisa do Palmeiras”, continuaram fazendo alusão ao camisa 7, que chegou a peso de ouro e até aqui fracassou.

 

Felipe Melo foi um dos alvos da torcida. Foto: César Greco/Palmeiras

Minutos depois, Felipe Melo também virou alvo dos protestantes. “O bagulho é louco, Felipe Melo fala muito e joga pouco” e “Felipe Melo, cara de pau, na marcação distanciamento social” eram as principais críticas da principal torcida do Verdão ao camisa 30, que falhou bastante nos últimos jogos atuando de zagueiro. 

 

Mancha foi até o CT protestar contra o elenco. Foto: Reprodução

Por fim, Galiotte e Barros foram os alvos da manifestação à porta do CT. "Maurício, incompetente. Pegou o Palmeiras para brincar de presidente”, gritavam os torcedores, que também pediram através de faixas as saídas de Barros e o gerente de futebol Cícero Souza.

 

No final do protesto, o presidente da Mancha Verde, André Guerra, explicou em entrevista reproduzida por Murilo Dias que a torcida decidiu apoiar o elenco, apoiar no Paulistão, mas que hoje era dia de cobrar todos os jogadores. “O principal responsável por esse time nós já derrubamos, que foi o Mattos. No começou do ano prometemos uma trégua, uma paz. Mas hoje a gente não vai poupar ninguém do elenco”, afirmou.

 

“Alguns jogadores a gente quer que vá embora! Scarpa, Lucas Lima, Ramires. O resto se quiser, a porta está aberta. O Palmeiras tem hotel bom, estrutura boa e isso está parecendo spa pra esses caras. Spa eles não vão ter!”, concluiu Guerra, deixando claro que a cobrança não vai acabar até acontecer uma reformulação no elenco.

Temas:

  • Palmeiras
  • Mancha Verde
  • Felipe Melo
  • Rony
  • Mauricio Galiotte

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.