arrow_drop_down
search
Inter quita salários atrasados do elenco e Medeiros sobe o tom

Futebol: Mais notícias

Futebol Internacional

Inter coloca em dia folha salarial de elenco e Medeiros sobe o tom contra "maldosos"; R$ 8 milhões vão entrar nos cofres do Beira-Rio

O Inter anunciou a quitação dos vencimentos pendentes na tarde desta quarta-feira (8)

Bolavip

Inter quita salários atrasados do elenco e Medeiros sobe o tom

Inter quita salários atrasados do elenco e Medeiros sobe o tom

Em meio às dificuldades financeiras geradas pela pandemia da Covid-19, o Internacional, que não entra em campo desde março, atrasou o pagamento da folha salarial de maio e admitia que isso poderia ocorrer também no mês seguinte. A diretoria colorada tratou o tema de forma transparente com os atletas, que se mostraram compreensíveis às dificuldades vividas pelo clube.

Na tarde desta quarta-feira (8), o Inter anunciou a quitação dos vencimentos pendentes. Jogadores, comissão técnica e funcionários do departamento de futebol foram pagos normalmente. De acordo com fontes ligadas ao clube, não existem outras pendências. 

Inter segue treinando normalmente. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Ao longo do mês de julho, o Colorado deve receber pouco mais de R$ 8 milhões por negociações. Em contato com o portal Revista Colorada, Marcelo Medeiros, presidente do Internacional, afirmou que nos 43 meses à frente do Inter, só houve atraso salarial em uma ocasião, no mês passado. 

“Durante 43 meses como presidente do Inter, houve apenas um atraso de 10 dias no salário dos atletas, que foi no mês passado”, declarou o mandatário. A diretoria ainda busca formas de lucrar para facilitar o fluxo de caixa. Houve também uma redução dos vencimentos de atletas em 25% durante o período sem jogos.

A gigantesca torcida do Inter também colaborou. A recente campanha de aumento do número de sócios gerou um acréscimo de 28% em receitas no mês de junho, em comparação a maio. Victor Grunberg, vice de administração, apontou valores na casa dos R$ 7 milhões mensais. Entre abril e maio, o Inter registrou uma inadimplência de 18% no quadro de sócios, o que representava uma perda de R$ 1 milhão por mês.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.