Rafael Sóbis faz revelação polêmica relacionada ao Internacional

Futebol: Mais notícias

Futebol Internacional

Ídolo do Inter, Sóbis é sincero e faz revelação polêmica relacionada ao clube: "Eu queria ter ficado, mas é difícil falar"

Em entrevista ao Uol Esporte, o medalhão revelou que gostaria de ter encerrado sua carreira no seu clube de coração, endereçando o fim de contrato tumultuado que teve

Bolavip

Rafael Sóbis faz revelação polêmica relacionada ao Internacional

Rafael Sóbis faz revelação polêmica relacionada ao Internacional

Um dos maiores "papa-títulos" com a camisa do Internacional, Rafael Sóbis, que hoje defende o Ceará, revelou na noite desta quinta-feira (21) que saiu do Beira-Rio contra sua vontade e só deixou o Colorado porque a diretoria não quis renovar o seu contrato. Para o atacante, sua terceira passagem pelo time gaúcho terminou com um gosto amargo por não ter o vínculo renovado com o seu clube de coração. 

 

O camisa 23, que terminou a temporada passada como um dos artilheiros da equipe no ano, falou com exclusividade para a equipe do Uol Esporte na noite desta quinta-feira (21) e resumiu sua não renovação como “coisas do futebol”.

 

Sóbis queria ter renovado com o Internacional. Foto: Divulgação/Twitter

“Eu queria ter ficado mais é difícil falar. É o clube do meu coração. Eu gostaria de encerrar a carreira ali. Não foi possível, faz parte. São coisas do futebol, normal. As coisas nem sempre saem como a gente quer, e vida que segue. Eu vou seguir sendo colorado. O Inter vai seguir firme e forte, e assim que é a vida", afirmou o atacante. 

 

Durante a entrevista, o medalhão deixou claro que poderia ter sido escalado mais vezes pelos técnicos que comandaram o Inter na temporada passada (Odair Hellmann e Zé Ricardo), já que os números jogam a seu favor: das 46 partidas que o time gaúcho fez em 2019, o camisa 23 participou de apenas 24 e acabou marcando 6 gols e deu 9 assistências para os companheiros. 

 

"Acho que, na medida do possível, eu produzi muito bem. Mesmo jogando pouco, eu fui o jogador que mais deu passe pra gols, fiz seis gols, fui o terceiro artilheiro [quarto na verdade]. Imagino que, se tivesse jogado mais, com certeza faria mais gols", concluiu, Sóbis.

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.