arrow_drop_down
search
Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Futebol: Mais notícias

Futebol Grêmio

Grêmio é definitivo sobre possível retorno de Juninho Capixaba; lateral tem sido elogiado por Roger Machado no Bahia

A diretoria do Tricolor Gaúcho quebra a cabeça para definir o substituto de Caio Henrique, que retornou para o Atlético de Madrid, da Espanha

Bolavip

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

O Grêmio ficou com uma vaga aberta no elenco após a saída de Caio Henrique. Na última semana, o Atlético de Madrid, da Espanha, ativou uma cláusula presente no contrato de empréstimo e exigiu a volta do lateral-esquerdo antes do combinado. O vínculo do defensor tinha duração até dezembro, mas o técnico argentino Diego Simeone interviu e demonstrou intenção de contar com o brasileiro.

A saída de Caio Henrique deixou apenas Bruno Cortez como opção do setor no elenco profissional de Renato Portaluppi - voltando de lesão, Marcelo Oliveira vinha jogando na zaga. Diante deste cenário, foi cogitada a possibilidade de o Grêmio 'responder' na mesma moeda e pedir o retorno de Juninho Capixaba. O lateral-esquerdo está emprestado ao Bahia e, recentemente, foi muito elogiado pelo técnico Roger Machado

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

"Comentei: “Se eu não te transformar em um dos melhores laterais esquerdos do Brasil, eu largo”. Quando contratamos, assim como Zeca, queríamos um jogador para articular o jogo principalmente. A dúvida que gerou em cima dele era a questão dele na linha. Porque a gente sabia o que ofensivamente ele podia no oferecer. Adaptação à linha de marcação encaixou perfeito. Protege bem linha, evita bola nas costas, rápido, bom no um contra um", disse o ex-comandante do Tricolor Gaúcho, em entrevista coletiva.

A possibilidade de Juninho Capixaba ser o substituto de Caio Henrique, no entanto, está descartada pela diretoria do Grêmio. Segundo a reportagem do site Globoesporte.com, o Tricolor não cogita pedir a volta do lateral em 2020 e se abre para oportunidades. "Pode surgir um negócio de ocasião, em valores inferiores ao que dispendíamos ao Caio por um jogador de qualidade que venha incorporar ao nosso elenco. Tenho que me valer do discurso do presidente, pensar muito seriamente. Gestão e sustentabilidade financeira, ter um fluxo para honrar nossos compromissos", disse o vice de futebol, Paulo Luz.

O dirigente também indicou que o substituto imediato sairá da base. "Temos que ter muito cuidado. A situação dos clubes é gravíssima. Vamos aguardar o Renato retornar, avaliar condições internas que temos com o Guilherme (Guedes) e o Matheus (Nunes), fazer um processo. Se tivermos com o calendário definidos, podemos pensar melhor", completou. 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.