arrow_drop_down
search
Gomes se solidariza com momento atual do Cruzeiro e admite desejo de ajudar o clube

Futebol Cruzeiro

Gomes se solidariza com o momento atual do Cruzeiro e admite que gostaria de ajudar o clube a sair dessa situação: “Jogo até de graça”

Ex-goleiro foi um dos responsáveis pela tríplice coroa conquistado pelo Cruzeiro em 2003

Bolavip

Gomes se solidariza com momento atual do Cruzeiro e admite desejo de ajudar o clube

Gomes se solidariza com momento atual do Cruzeiro e admite desejo de ajudar o clube

O Cruzeiro recebe nesta sexta-feira (16) o Juventude, no Maracanã, já sob os olhares do novo técnico, Luiz Felipe Scolari, que foi anunciado pelo presidente Sérgio Rodrigues na noite da última quinta-feira (15). O experiente treinador prometeu para torcida que fará de tudo para não só tirar o Cabuloso dessa situação, como também recolocar o time na elite do futebol brasileiro já no ano que vem. 

 


Quem também gostaria de ajudar o clube é o ex-goleiro Gomes. Titular absoluto do Cruzeiro que conquistou a tríplice coroa em 2003 (Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Brasileirão), afirmou que faria de tudo para ajudar a Raposa, jogando ou exercendo qualquer papel mesmo sem receber salário durante essa fase.

 

“É exatamente o que falei com a minha esposa. Depois de uma derrota do Cruzeiro, eu vou lá e jogo de graça. Não teve nenhum contato da minha parte. Se for preciso, eu jogaria de graça. Passei na Toca da Raposa esses dias e me deu um aperto no coração”, se emocionou.

 

Gomes em ação pelo Cruzeiro. Foto: Divulgação

Gomes também criticou as antigas gestões do clube por fazer várias contratações sem ter poderio financeiro para isso e afirmou que já era esperado que a conta chegasse ao clube mais cedo ou mais tarde. “Poxa, só de olhar para o escudo e saber que fizemos parte de um ano tão vitorioso, que foi 2003, e isso para citar um pouco da história do Cruzeiro. E o time estar na situação que está por conta de pessoas que não geriram. Dos últimos 10 anos para cá já tem muito problema, contratou muito mais do que poderia, manteve elencos superfaturados. E a conta chega uma hora, infelizmente, disse o goleiro

 


Mesmo com todo esse mau momento vivido pelo clube, Gomes acredita que o Cruzeiro sairá dessa situação e pede apoio de todos nesse momento conturbado, desde torcida, diretoria, comissão técnica e jogadores para que a Raposa volte ao lugar de onde jamais deveria ter saído. “Agora é o momento da torcida se abraçar, dos ex-jogadores que podem fazer alguma coisa, de quem entende de futebol ir lá e doar. Como falei que jogaria sem cobrar, iria para lá exercer qualquer função sem cobrar um centavo enquanto o Cruzeiro tivesse nessa situação”. Agora não é hora de cobrar, é hora de doar. Se não puder doar dinheiro, tem que doar a experiência e a vivência no futebol para ver se sai dessa zona de rebaixamento da segunda divisão, que é algo muito triste de se ver", finalizou.

O Cruzeiro está na penúltima colocação da segunda divisão, com 12 pontos conquistados em 15 jogos. Vale lembrar que a equipe iniciou com menos seis pontos por conta de uma punição da FIFA por dívidas do passado. Sem essa pendência, o clube estaria fora da zona de rebaixamento.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.