Renato é taxativo e fala em rebaixar Cruzeiro na próxima rodada

Futebol: Mais notícias

Futebol Grêmio

Garantido na Libertadores, Grêmio não tira o pé e Renato fala em rebaixar o Cruzeiro

Vitória contra o São Paulo, no último domingo (01), assegurou vaga direta na fase de grupos do torneio continental em 2020. Agora, torcida tricolor pensa na possibilidade real de o clube mandar a Raposa para a Série B pela primeira vez na história

Bolavip

Renato é taxativo e fala em rebaixar Cruzeiro na próxima rodada

Renato é taxativo e fala em rebaixar Cruzeiro na próxima rodada

A vaga direta para a fase de grupos da Libertadores 2020 está assegurada pelo Grêmio. Após a goleada sofrida para o Flamengo na semifinal da edição deste ano, Renato Portaluppi fechou o grupo e se concentrou para, ao menos, encerrar o Campeonato Brasileiro dentro do G-4. A vitória por 3 a 0 sobre o São Paulo, no último domingo (01), fez o Imortal retornar ao quarto lugar na tabela. A distância para o rival Internacional chegou aos oito pontos e,  faltando duas rodadas para o final da competição de pontos corridos, não há chances de o Tricolor deixar a faixa de classificação para a "segunda fase" do torneio continental. 

Com o objetivo alcançado, o Grêmio agora poderá contribuir para outro desfecho para lá de interessante na história do Brasileirão. Na próxima quinta (05), os gaúchos recebem o Cruzeiro na Arena com a possibilidade de "rebaixar" pela primeira vez o clube mineiro, que compõe o seleto grupo das agremiações que jamais desceram para a Série B. Nesta segunda (02), no encerramento da rodada, a Raposa enfrenta o Vasco da Gama, em São Januário. Em caso de revés, o time agora comandado por Adílson Batista precisará ganhar de qualquer maneira em Porto Alegre caso queira sua permanência na elite do Brasileirão em 2020. 

Cruzeiro tem Vasco e Grêmio fora de casa na reta final do Campeonato Brasileiro

Em entrevista coletiva pós-jogo contra o São Paulo, Renato discorreu sobre a curiosidade e deixou claro que irá promover força total contra o Cruzeiro, até para não haver desconfiança sobre o profissionalismo do lado gremista. "Eu poderia muito bem chegar a pedir dispensa, mas não vou fazer isso pelo profissionalismo. Temos um jogo importante na quinta e, para as pessoas não falarem que estou beneficiando Cruzeiro ou Ceará, vamos fazer jogo normal na quinta-feira. Até quinta-feira, vou fazer jogo para ninguém falar nada", indicou o comandante. 

Hoje, a Raposa ocupa o 17° lugar da tabela com 36 pontos, dois atrás do Ceará, que perdeu a chance de se distanciar, no último sábado (30), ao ceder o empate para o Athletico-PR, em Fortaleza. Renato opinou que, em caso de queda, a Raposa não poderá reclamar apenas do jogo contra o Grêmio, mas do que não apresentou durante todo o campeonato. "Não vai ser o Grêmio que vai rebaixar o Cruzeiro. Alguém vai apagar a luz, digamos assim. O rebaixamento de um clube é aquilo que ele faz em todo o campeonato. O clube é rebaixado no campeonato todo. (...) Temos uma briga pau a pau com o Athletico. A gente não quer saber se vai ser o Cruzeiro", concluiu o treinador do Tricolor. 

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.