arrow_drop_down
search
(Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)

Futebol Santos

Gandulas, bolas e macas: Santos e Cuca são multados pela Conmebol; clube pode perde parte de verba

O clube paulista e o treinador receberam as multas por problemas reincidentes, conforme a entidade; a decisão ainda cabe recurso 

Bolavip

(Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)

(Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)

O Santos comemorou nesta semana sua vaga na grande final da Copa Libertadores da América. Depois de empatar em 0x0 na Argentina, o Peixe não tomou conhecimento do Boca Juniors atuando na Vila Belmiro e venceu pelo placar de 3x0, com gols de Diego Pituca, Soteldo e Lucas Braga. Na decisão, o adversário será o rival Palmeiras, que deixou pelo caminho o River Plate. 

Em meio a comemoração pela vaga na final, o Santos recebeu uma multa da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) nesta sexta-feira (15). A entidade, através de uma notificação, revelou que puniu o Santos e o técnico Cuca pela reincidência de questões advertidas anteriormente

O Santos foi multado em US$ 10,5 mil (R$ 55 mil), enquanto a punicação para o técnico foi ainda maior, de US$ 35 mil (R$ 184 mil). Os motivos apontados pela Conmebol foram por reincidência em problemas envolvendo gandulas, reposição de bolas, macas e equipamentos médicos.

Na Vila: Peixe bateu Boca por 3x0 na semifinal (Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)
Na Vila: Peixe bateu Boca por 3x0 na semifinal (Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)

Segundo o Globoesporte.com, os incidentes ocorreram durante a goleada por 4x1 sobre o Grêmio, nas quartas de final. A previsão é que os valores sejam debitados dos direitos de televisionamento e patrocínio do clube. Dentro dos próximos cinco dias, a decisão ainda cabe recurso ao Santos para que a punição seja revista. 

Classificado para a final, o Santos tem compromisso marcado contra o Palmeiras para o próximo dia 30, um sábado, às 17h, no Maracanã. Antes da final, o Peixe ainda encara Botafogo, Fortaleza, Goiás e Atlético-MG pelo Brasileirão. O clube, ao lado do rival paulista, pede o adiamento das partidas agendadas para o meio de semana anterior à decisão.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.