arrow_drop_down
search
Hoje teve gol e expulsão do Gabigol

Futebol Flamengo

Gabigol arruma confusão com a torcida do Grêmio em vitória do Flamengo

Artilheiro do campeonato deixou o dele, mas foi expulso por reclamação no segundo tempo; na saída de campo, camisa 9 respondeu provocações dos tricolores com sinal de "5" com a mão

Bolavip

Hoje teve gol e expulsão do Gabigol

Hoje teve gol e expulsão do Gabigol (Foto: Getty Images)

A vitória do Flamengo frente ao Grêmio em Porto Alegre deixou o título rubro-negro ainda mais encaminhado no Campeonato Brasileiro. Com 81 pontos, o time rubro negro tem 13 pontos de vantagem para o vice-líder Palmeiras, que só empatou com o Bahia na Fonte Nova neste domingo. E algo bastante corriqueiro aconteceu na partida: Gabigol marcou mais um gol e se isolou ainda mais na artilharia do campeonato brasileiro com 22 gols.

Apesar da vitória e do gol de penalti, o desempenho de Gabriel Barbosa teve um ponto baixo: a expulsão por reclamação aos 28 minutos do segundo tempo. O árbitro Raphael Claus não gostou nem um pouco da postura do atacante, que aplaudiu um cartão amarelo dado uma reclamação.  A ironia custou caro, e Gabigol foi para o chuveiro mais cedo.

Na saída para o vestiário, o atleta não perdeu a oportunidade de relembrar a goleada do Flamengo sobre o Grêmio na partida de volta das semifinais da Libertadores. Ao deixar de campo, Gabigol respondeu as provocações da torcida contando os cinco dedos da mão direita, uma provocação clara para relembrar a goleada de 5 a 0, que sacramentou a vaga do Flamengo para a final da Libertadores contra o River Plate.

 

Antes da expulsão, Gabigol se queixou da postura dos jogadores do Grêmio, que reclamaram de um lance no qual o atacante deu uma pedalada para tentar driblar o lateral esquerdo Bruno Cortez. "No Brasil, está virando moda. Eu pedalo, eu sou marrento. Eu faço gol, eu sou marrento. Ele está caindo na onda dos torcedores e da imprensa", disparou o atacante aos microfones da Rede Globo após o fim do primeiro tempo. 

Com a suspensão, Gabigol não jogará a partida do dia 27 de novembro, contra o Ceará no Maracanã. O jogo ocorre quatro dias após a final da Libertadores, que será disputada em Lima, no Peru. Caso o clube seja campeão, a tendência é que os reservas sejam escalados, assim como ocorreu hoje, quando apenas 3 titulares em campo (Diego Alves, Arrascaeta e o próprio Gabigol). 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.