arrow_drop_down
search
Futuro de Honda no Botafogo deve ficar nas mãos da diretoria

Futebol Botafogo

Futuro de Honda no Botafogo deve ficar nas mãos da diretoria; Túlio Lustosa e Barroca vão bater o martelo

Nova troca de treinador e falta de planejamento podem fazer com que o atleta deixe o clube carioca

Bolavip

Futuro de Honda no Botafogo deve ficar nas mãos da diretoria

Futuro de Honda no Botafogo deve ficar nas mãos da diretoria

Após a demissão do técnico Ramón Díaz, que sequer chegou a estrear no comando do Botafogo por conta de problemas de saúde, o Glorioso anunciou a chegada de Eduardo Barroca, que vinha comandando o Vitória na Série B do Brasileirão. Porém, as más notícias não param por aí.

Na tarde desta sexta-feira (27), em tom de mistério, o meia japonês Keisuke Honda, uma das referências do Glorioso, ameaçou deixar o clube por conta da crise que a equipe vive. "Inacreditável. Vou começar a pensar em sair se eles não me convencerem em alguns dias", postou no seu Twitter.

Segundo a informação do site Globoesporte.com, a diretoria botafoguense não gostou da atitude do japonês e pretende sentar para conversar com o jogador neste sábado buscando saber das reais intenções do atleta. Honda se sentiu desapontado pela falta de planejamento do clube na temporada de 2020.

Até este momento, Honda tem, com a camisa do Botafogo, 24 jogos e três gols nessa temporada. O atleta ficou de fora de algumas partidas por conta de lesões ou de desgaste físico, quando acabou sendo poupado. O jogador renovou contrato com o Botafogo até o fim do Brasileirão.

O gerente de futebol Túlio Lustosa e o novo técnico, Eduardo Barroca, devem conversar com o japonês para buscar solucionar este problema o mais rápido possível.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.